Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Prefeitura do Rio adota app de zeladoria urbana

Postado em: 01/12/2015, às 19:35 por Fernando Paiva

A prefeitura do Rio de Janeiro adotou um app de zeladoria urbana, o ConservaZUP (Android), que será utilizado primeiramente por cerca de 200 agentes das 23 gerências da secretaria municipal de conservação. Depois, a plataforma será adotada também pelo Centro de Operações Rio, que monitora a cidade 24 horas por dia, e por outros órgãos, como a RioLuz, responsável pela iluminação pública, e a Comlurb, empresa municipal de limpeza urbana.

Através de seus smartphones, os agentes municipais e seus respectivos gerentes poderão abrir e receber solicitações de reparos na cidade, como buracos em ruas, bueiros obstruídos etc. Ao todo foram incluídos 52 serviços diferentes que podem ser solicitados pelo app. A cada requisição, o solicitante pode tirar fotos e descrever a ocorrência. Sua localização é captada pelo GPS do celular. O pedido é direcionado automaticamente para a equipe responsável por aquele tipo de serviço naquela área. É aberto um protocolo, com número, data e hora. Todo o histórico de cada solicitação fica gravado na nuvem e pode ser acessado através de um painel na web, que também organiza relatórios sobre a utilização da solução, para o acompanhamento dos gestores municipais. Em apenas 30 dias de uso durante o teste-piloto foram gerados mais de 1,4 mil solicitações.

"É uma ferramenta de gestão completa. Não tínhamos algo assim", comentou o gestor de TI da secretaria de conservação, Rodrigo Kernel. Na prática, o ConservaZUP complementa o app 1746 (Android, iOS): o primeiro é para uso interno dos agentes municipais e o segundo, voltado para a população carioca. A ideia no futuro é integrar em um mesmo painel as solicitações encaminhadas pelos dois aplicativos.

O aplicativo foi desenvolvido originalmente pelo Instituto TIM e batizado como ZUP. Ele foi adaptado para as necessidades da secretaria de conservação da capital fluminense e renomeado. Trata-se de um software livre e sua utilização não implica em nenhum custo para a prefeitura. São Bernardo do Campo/SP já utiliza também o ZUP e Boa Vista/RR vai anunciar a adoção esta semana.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top