Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

App brasileiro de venda de galões de água mineral comercializou 30 mil litros em menos de um ano

Postado em: 03/06/2015, às 18:31 por Henrique Medeiros

Em época de crise hídrica, um aplicativo que permite ao usuário comprar galões de água mineral pelo smartphone começa a fazer sucesso. Com mais de 30 mil litros de água entregues desde sua criação em agosto de 2014, o H2App atua em nove estados brasileiros, inclusive São Paulo, uma das principais regiões assoladas pela falta de chuvas.

“Hoje no aplicativo, o estado que mais pede água é Santa Catarina, pois foi o primeiro a receber a ferramenta. No entanto, São Paulo está crescendo bastante. A gente completou três meses de expansão para São Paulo, que deve ultrapassar Santa Catarina até o final de julho”, explica Eládio Isoppo, CEO da H2App.

O aplicativo funciona como um intermediário entre os revendedores dos galões de água engarrafada de 20 litros e o consumidor final. O preço do galão varia entre R$ 8 e R$ 28, sendo Imperatriz (SC), Cachoirense (RJ) e a Bonafont (SP) os modelos mais vendidos. Com versões para Android, iOS, Windows Phone e plataforma web, o consumidor localiza os fornecedores e faz o pedido direto pela ferramenta.

Função social

O app foi criado para diminuir o tempo de entrega e melhorar o relacionamento entre usuário e fornecedor, mas ganhou também uma função social. Isoppo compartilhou a história da usuária Betty Lopes, uma pessoa com deficiência auditiva que passou a usar a ferramenta: “Ela baixou o aplicativo e fez o pedido como qualquer outro cliente. A gente (Isoppo e seus sócios) ligava para ver a experiência e se o cliente havia sido atendido corretamente”, conta o CEO. “E quando contatamos a Betty, ela respondeu por SMS. Disse que era surda e relatou que antes comprava a água de um fornecedor perto da casa dela, por falta de opção. Agora ela consegue compra por preços melhores. Foi quando vimos que o app também era inclusivo”, completa.

Crescimento e modelo de negócios

A start-up, que possui em média 1 mil pedidos por mês, espera chegar aos 20 mil até o final do ano, após firmar parcerias com fornecedores nos outros 18 estados do Brasil. Atualmente sem custos para o consumidor final, a empresa consegue monetizar cobrando planos mensais de R$ 79 a R$ 299 dos distribuidores.

Ao todo, 70 mil revendores de água estão cadastrados no H2App. Isoppo revela que deve incluir o modelo de pagamento por cartão dentro do app até agosto deste ano. As taxas de cobrança serão similares aos modelos praticados pelas operadoras de cartão de crédito.

Com um financiamento inicial de R$ 100 mil, a empresa foi acelerada pela Wow de Porto Alegre e esperam ter o retorno do investimento em 2016.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top