Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Guias e catálogos em apps móveis são o foco de nova companhia do fundador do MailBR

Postado em: 03/10/2011, às 14:30 por Redação

Em 1996, o executivo Pedro Anísio Silva criou o MailBR, primeiro serviço de email gratuito do Brasil, que cinco ano mais tarde seria vendido para a Brasil Telecom (BrT). Desde então, 15 anos se passaram e Silva trocou o mundo da Internet tradicional por aquele da Internet móvel, fundando em julho de 2010 a parsec.digital (sim, escreve-se toda em minúsculas), uma desenvolvedora de aplicativos móveis. "Enxergo na mobilidade a próxima etapa da Internet", justifica o empreendedor.

A principal aposta da empresa está na oferta de uma plataforma batizada de "Fast App", que consiste em módulos para a criação de três tipos de aplicativos móveis: guias, catálogos e lojas virtuais. O primeiro, de guias, já está pronto. Os outros dois virão dentro de dois meses. O público alvo são pequenas e médias empresas, assim como associações comerciais (no caso do módulo de guias). O modelo de negócios é o seguinte: a parsec.digital cria o aplicativo em iOS e Android usando um dos módulos e o cliente depois se encarrega de fazer por conta própria atualizações do conteúdo, através de uma ferramenta web. Para tanto, é cobrada uma taxa de instalação e, depois, uma mensalidade pela manutenção do serviço no ar. A publicação nas lojas de aplicativos fica a cargo da parsec.digital. A meta é conquistar 4 mil clientes da "Fast App" até 2014, quando o faturamento anual da companhia deve atingir R$ 15 milhões.

Programadores

A parsec.digital tem hoje 15 funcionários, sendo seis desenvolvedores. Silva reconhece que faltam no mercado brasileiro profissionais capacitados para desenvolver em plataformas móveis. A solução tem sido contratar pessoas com experiência em linguagens para web, como Javascript, CSS e HTML, e realizar um treinamento interno que dura de três a quatro meses. A parsec.digital segue procurando novos profissionais. "Não fechamos as portas. Estamos contratando de acordo com a necessidade. É um processo contínuo", explica.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)