Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Download de apps cresce 2,5 vezes nos EUA no Natal

Postado em: 05/01/2015, às 08:25 por Redação

O smartphone se tornou um dos presentes de Natal mais comuns no mundo. Naturalmente, ao ligar o aparelho, uma das primeiras coisas que se faz é configurá-lo e instalar  seus aplicativos favoritos. Consequentemente, o dia 25 de dezembro registra um significativo aumento na quantidade de apps baixados no mundo. A Flurry vem acompanhando esse fenômeno no mercado norte-americano há algum tempo e a cada Natal o volume supera o ano anterior. Em 2014 não foi diferente. No Natal desse ano, os norte-americanos baixaram 2,5 vezes mais apps do que a sua média diária nas três primeiras semanas de dezembro. Esse resultado chama ainda mais a atenção quando considerada a maturidade do mercado norte-americano, comenta a empresa em seu relatório sobre o tema. Sem citar títulos, a Flurry informa que os apps mais baixados foram das categorias de games e de mensagens.

Apple e phablets

O Natal de 2014 foi marcado também pelo sucesso da Apple e pelo crescimento dos phablets. Com seu software instalado em 600 mil apps, a Flurry consegue identificar quando um novo aparelho é ativado. Entre os dias 19 e 25 de dezembro, a Apple respondeu por pouco mais da metade (51,3%) de todos os novos aparelhos ativados no mundo que apareceram na rede da Flurry. Em segundo lugar veio a Samsung (17,7%), seguida por Nokia (5,8%), Sony (1,6%) e LG (1,4%). O restante dos fabricantes registraram menos de 1%. Cabe lembrar que os resultados da Flurry levam em conta apenas aparelhos que instalaram algum app rastreado pela empresa. Como ela é de origem americana, onde a Apple lidera o mercado, é natural ter mais apps de desenvolvedores americanos, o que talvez influencie o resultado da pesquisa. Além disso, o Natal não é um período de forte venda em alguns importantes mercados asiáticos, onde outros fabricantes têm desempenho relevante, como a Xiaomi na China.

No que diz respeito ao tamanho da tela entre os aparelhos ativados nesse período no mundo, os phablets responderam por 13% do total – no Natal de 2013 eles eram apenas 4%. Seu crescimento aconteceu em detrimento dos tablets, cuja participação caiu de 29% para 22%. Os smartphones de porte médio continuam sendo os preferidos, com 64% das ativações, ante 65% no Natal anterior.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top