Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

SumUp alcança 10 mil usuários em três meses no Brasil

Postado em: 05/02/2014, às 12:29 por Fernando Paiva

A europeia SumUp lançou em novembro a sua operação de serviços de mPOS no Brasil, por meio de um aplicativo que transforma o smartphone do cliente em uma máquina para receber pagamentos com cartão de crédito. Em apenas três meses alcançou cerca de 10 mil usuários ativos. A média, no momento, é de 1 mil novos clientes por semana e a empresa está limitando as adesões para não sobrecarregar sua equipe de suporte técnico, explica Igor Marchesini, executivo responsável pela operação da SumUp no Brasil.

O executivo conversou com MOBILE TIME e descreveu como foi esse primeiro trimestre de atuação no País. A empresa concentrou sua divulgação em canais on-line e registrou um custo de aquisição de cliente que varia entre um décimo e um quinto daquele da Europa. Por outro lado, constatou que o custo de suporte no Brasil é de três a quatro vezes maior que o europeu. "Apesar de a tecnologia estar pronta, o cliente brasileiro ainda não está preparado para a tecnologia. Ele precisa de mais suporte", explica Marchesini. Ele se refere à quantidade de ligações feitas para a empresa e a duração dessas ligações durante o período de set-up, que compreende o cadastro no site até as cinco primeiras transações. Depois disso, o suporte de manutenção é baixo, afirma.

Para garantir uma boa qualidade nesse suporte de set-up, a SumUp contratou pessoas com nível superior e que falam inglês, por conta do contato constante com as equipes de suporte na Europa. É gente que vai ajudar a definir processos de suporte e que depois vai trabalhar em outras áreas dentro da empresa. "É um suporte premium. Não me sentia confortável ainda para adotar um modelo de call center, com atendentes seguindo um roteiro. Isso deve acontecer somente daqui a uns três meses", explica o executivo.

A meta é alcançar uma média de 10 mil novos clientes por semana no segundo semestre deste ano. Isso se dará graças a parcerias e adoção de novos métodos de aquisição de usuários, como televendas. Isso sem falar no boca a boca: hoje, 50% dos novos cadastros provêm de recomendações de terceiros.

Interior e parcelado

O executivo acredita que um dos fatores de sucesso da SumUp no Brasil foi a oferta de venda parcelada com recebimento à vista para o comerciante. Muitos dos seus usuários são prestadores de serviço que não podiam ou preferiam não oferecer essa forma de pagamento aos seus clientes. Dos mais de 10 países onde a SumUp atua, o Brasil é o único no qual é disponibilizada a opção de parcelamento. Hoje, 80% dos usuários da companhia no Brasil já realizaram ao menos uma venda parcelada usando o sistema de mPOS. "Não sei como seria se não tivéssemos feito essa tropicalização. Agora, a SumUp estuda levar o pagamento parcelado para outros mercados, como a Polônia e a Rússia", relata.

Também chamou a atenção do executivo a demanda pela solução no interior do Brasil. Cerca de 40% da base de clientes da SumUp está fora das grandes capitais. "Temos cliente em Boa Vista que faz transporte de passageiros para a fronteira com a Venezuela; temos um revendedor de antiguidades no interior do Rio Grande do Sul; e temos até um vendedor de chapéu de palha no interior da Paraíba", conta.

A SumUp confirmou a demanda por soluções de mPOS por taxistas e vendedores porta a porta, mas se impressionou com a procura por parte de outros dois segmentos: prestadores de serviços de informática, como conserto de computadores, e prestadores de serviços relacionados a beleza e bem-estar, relata Marchesini.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top