Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Smartphone é o meio preferido na América Latina para ver vídeo digital

Postado em: 05/11/2015, às 10:49 por Fernando Paiva

Qual é o tamanho da audiência de vídeo digital na América Latina? Segundo uma pesquisa realizada pela comScore em parceria com a IMS, os seis mercados-chave da região (Brasil, México, Argentina, Colômbia, Peru e Chile) somam 119 milhões de espectadores de vídeo digital. O Brasil responde praticamente pela metade desse total: 58 milhões. São pessoas que veem vídeos através da Internet por meios diversos, como computadores, laptops, tablets, smartphones e TVs conectadas. O canal preferido é o smartphone, usado por 80% desse público para ver vídeos digitais. Em seguida vêm o laptop (75%), o desktop (65%), a TV conectada (57%) e o tablet (49%). Foram entrevistadas 8.378 pessoas que disseram ter assistido a vídeos digitais nos últimos três meses.

O que mais chamou a atenção dos realizadores da pesquisa foi o tempo que os entrevistados declararam gastar vendo vídeo digital por semana: 13,2 horas. Isso é mais do que o dobro do tempo que elas disseram passar vendo TV tradicional (aberta e fechada): 5,4 horas por semana. "Isso é impressionante especialmente se levarmos em conta a força da cultura televisiva na América Latina", destaca Enor Paiano, vice-presidente sênior de vendas da IMS na América Latina. E o smartphone é o campeão em tempo gasto por semana com vídeo digital na América Latina: 5,2 horas. Em seguida vieram smart TVs (4,9 horas), laptops (4,9 horas), desktop (4,6 horas) e tablets (3,4 horas).

92% dos entrevistados disseram assistir vídeos digitais dentro de casa e 36%, fora de casa, sendo que 14% declararam assistir especificamente no trajeto para o trabalho. E, surpreendentemente, quase a metade do consumo de vídeo digital é feito em companhia de uma ou mais pessoas, informa a pesquisa.

Conteúdo

O conteúdo premium e de longa duração é o mais popular em vídeo digital na região. Na pergunta sobre quais tipos de conteúdo audiovisual foram assistidos pela Internet no último mês, a ordem ficou a seguinte: filmes (79%), vídeos musicais (70%), séries de TV (65%), trailers de filmes (53%), tutoriais (47%), conteúdo gerado por usuários (45%), resumos de notícias e esportes (35%), eventos esportivos completos (32%), transmissões ao vivo (31%) e shows (30%).

A pesquisa averiguou quais aparelhos o espectador usa para assistir cada tipo de conteúdo audiovisual digital. Como era de se esperar, conteúdos de curta duração predominam no smartphone, enquanto filmes e séries são vistos predominantemente em telas maiores. Entre aqueles que veem video digital no smartphone, 56% disseram que assistem a vídeos musicais no aparelho; 46%, conteúdo gerado pelo usuário; 38%, trailers de filmes; 34%, tutoriais; 24%, resumos de notícias; 22%, filmes; 20%, séries; 14%, shows; 12%, eventos esportivos completos; 12%, transmissões ao vivo.

Publicidade

Embora a audiência na América Latina esteja migrando rapidamente da TV tradicional para o vídeo digital, o mesmo não acontece com a receita publicitária. "O mercado publicitário tem se mostrado conservador nessa transição. Por que a verba está demorando a virar?", pergunta Paiano. Ele lembra que além da crescente audiência, os meios digitais oferecem a possibilidade de segmentação e ferramentas para acompanhamento detalhado dos resultados de cada campanha, algo que a TV tradicional não disponibiliza.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top