Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Demora na conclusão de transações será barreira para HCE em pagamentos

Postado em: 06/11/2014, às 11:26 por Fernando Paiva, de Paris*

A velocidade da transmissão de dados nas redes móveis será a principal barreira para a adoção da solução HCE (Hostcard emulation) em serviços de pagamentos móveis com NFC. Mesmo em redes 4G estáveis, a conclusão de um pagamento via HCE leva cerca de 1 segundo, o que é mais demorado que em soluções nas quais o elemento seguro está no SIMcard ou no terminal. Em redes 3G ou 2G, o processo leva ainda mais tempo, o que incomodará consumidores e lojistas. O alerta foi feito pelo analista sênior da IHS Donald Tait, durante palestra na Cartes 2014, nesta quinta-feira, 6, em Paris.

Por outro lado, Tait pondera que o HCE agrega algumas vantagens relevantes, como a simplificação da cadeia de valor, permitindo que emissores de cartão lidem diretamente com os consumidores, sem precisar negociar com operadoras ou fabricantes de aparelhos. "O credenciamento fica mais barato e mais rápido", disse.

No fim das contas, o consultor acredita que o HCE não compete, mas complementa as soluções de NFC baseadas no SIMcard ou no terminal. Pode eventualmente não ser tão usada para cartões bancários, mas para outros tipos de cartão, como aqueles de fidelidade ou de controle de acesso a transporte público e eventos.

O HCE é uma solução que simula o cartão remotamente, na nuvem, para uso em smartphones. O HCE está disponível em qualquer aparelho Android a partir da versão KitKat.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top