Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Desconfiança, desconhecimento e usabilidade são barreiras para m-commerce no Brasil

Postado em: 09/01/2015, às 17:49 por Fernando Paiva

Metade dos internautas brasileiros que possuem smartphones (50,3%) nunca compraram bens físicos através do aparelho, de acordo com pesquisa realizada pela Opinion Box a pedido de MOBILE TIME. Desconhecimento, desconfiança e falta de praticidade aparecem entre as razões apontadas pelo grupo para nunca terem adquirido produtos via comércio móvel. A pesquisa foi feita na última semana de dezembro com 1.109 pessoas distribuídas por sexo, idade, renda mensal e estado da federação de acordo com as proporções da população brasileira aferidas pelo IBGE.

Um em cada quatro (24,9%) internautas com smartphone que nunca compraram bens físicos pelo aparelho reclamam que não acham prático. 17,7% dizem que não confiam. 14,5% alegam que preferem ver ou provar os produtos antes (o que seria um problema também para o e-commerce em geral). E houve até quem dissesse não saber que é possível comprar bens físicos pelo celular (10,6%) ou que não sabe como fazê-lo (10,8%). A resposta mais comum, contudo, foi a seguinte: "prefiro comprar pela Internet" (desktop ou laptop), apontada por 58,4% dos que nunca adquiriram bens físicos por m-commerce. Era permitido marcar mais de um motivo.

Vale lembrar que a esmagadora maioria dos internautas brasileiros com smartphone (97,1%) já fizeram compras por e-commerce. Pelo visto, uma parte considerável está satisfeita com o serviço de e-commerce e não quer nem experimentar o m-commerce de bens físicos. Mas talvez a recomendação de amigos faça com que mudem de ideia. Mais de 80% dos que experimentaram comprar bens físicos pelo smartphone ficaram satisfeitos com o serviço e apontaram entre as vantagens o fato de poderem comprar de qualquer lugar, assim como a praticidade – veja os resultados entre as matérias relacionadas abaixo.

Análise

Aos poucos, algumas capacidades tecnológicas presentes no celular começam a ser usadas a favor do m-commerce, prometendo popularizar as compras de bens físicos pelo celular. Uma delas é o uso de realidade aumentada. Um exemplo prático foi lançado esta semana pelo app do Extra.com.br, que agora permite visualizar como uma poltrona ou uma estante à venda na loja virtual ficaria na sala-de-estar do consumidor, através da câmera do smartphone. Trata-se de um recurso indisponível nos sites de e-commerce para desktop, por exemplo, o que pode vir a configurar uma vantagem para o m-commerce no futuro.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top