Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mobile marketing pode movimentar US$400 bilhões na economia dos EUA em 2015

Postado em: 09/05/2013, às 17:53 por Redação

O ecossistema mobile marketing gerou US$ 139 bilhões à economia norte-americana em 2012, um aumento significativo de US$ 48 bilhões em relação a 2010. A expectativa é de que, nos próximos cinco anos, o valor bata os US$ 400 bilhões, crescimento anual médio de 52%. Os dados foram apresentados no relatório Mobile Marketing Economic Impact Study, realizado pela Mobile Marketing Association (MMA).

A fim de analisar o impacto da mobilidade no cenário de marketing e negócios dos Estados Unidos, cinco categorias foram pesquisadas: impacto de vendas mobile na economia norte-americana, empregos gerados no setor, investimentos e gastos com mobile marketing, grau de impacto do mobile marketing, conhecimento e preocupações dos usuários com privacidade no dispositivos móveis.

Apesar de a economia americana estar em recessão e apresentar um mercado de trabalho instável, o mobile marketing criou 524 mil postos de  trabalhos em 2012. Até 2018, devem ser gerados mais 1,4 milhão de empregos relacionados a esse setor, aponta o relatório. Em 2012, profissionais do marketing e varejo gastaram US$ 6,7 bilhões em mobile marketing. De acordo com a MMA, esse valor deve subir para US$19.8 bilhões até 2015. Estima-se que apenas com mobile advertising (incluindo voz, mensagens de texto, web, email, proximidade e reconhecimento de apps) deve-se gastar US$ 9,2 bilhões em cinco anos.

O estudo avaliou as despesas com mobile marketing de 16 grupos da indústria norte-americana. Os segmentos de finanças, varejo e indústria foram os que mais investiram em mobile marketing, totalizando US$ 3 bilhões, o que representa quase a metade do total dessas despesas em 2012. O relatório ressaltou que os setores que mais investiram em mobile marketing e propaganda foram  também os que ofereceram mais vagas de trabalho para mobile.

O relatório chama a atenção para o fato de a influência do mobile ir além do device, funcionando como um catalisador que gera crescimento e receita de todos os outros meios, tradicionais e digitais.

 

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top