Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Brasileiros inventam membrana para ver imagens 3D sem óculos no iPad

Postado em: 10/04/2013, às 18:59 por Fernando Paiva

Três jovens brasileiros desenvolveram uma tecnologia de conversão de imagens 2D para a visualização em 3D sem óculos especiais na tela do iPad. Trata-se da Magoo 3D, que combina uma membrana acoplada à tela do tablet e um aplicativo homônimo que faz a conversão dos arquivos de fotos e vídeos. A solução utiliza um princípio ótico conhecido como "parallax", que gera o deslocamento de uma imagem entre dois pontos de visão, provocando o efeito tridimensional. "A experiência é totalmente diferente daquela que temos no cinema 3D, onde os objetos se aproximam da gente. Na Magoo 3D é como se você olhasse por uma janela. Os objetos ganham profundidade", explica André Zanuto, um dos sócios da Magoo Tecnologia junto com o irmão Carlos Zanuto e o primo Felipe Fernandes.

A membrana desenvolvida é feita de policarbonato impresso e conta com pequenos encaixes para ser acoplada aos iPads com tela de 9,7 polegadas. O acessório, que tem a aprovação oficial da Apple, acabou de ser lançado e encontra-se à venda no site da empresa (www.magoo.tv) por R$ 149,99. A expectativa é comercializar 14 mil unidades da membrana até o fim do ano para o mercado nacional, revela Zanuto.

Por sua vez, o aplicativo Magoo 3D está disponível para download gratuito na App Store brasileira. É preciso tê-lo instalado no iPad para converter as imagens e visualizá-las em 3D através da membrana. O app oferece acesso às fotos e vídeos armazenados no tablet, assim como ao YouTube e ao Instagram. Sua utilização, contudo, requer a inserção do número de registro da membrana.

Produção e exportação

A ideia para o desenvolvimento desse acessório veio três anos atrás, quando Zanuto vivia na Austrália, onde é comum o uso de peças publicitárias em 3D com a tecnologia lenticular, que também permite a visualização sem óculos. Ele tentou adaptá-la para equipamentos eletrônicos, mas chegou à conclusão de que sairia caro demais. Após pesquisar mais sobre o assunto, descobriu a parallax. Ele próprio fez os cálculos e os testes para o desenvolvimento da membrana. A solução foi devidamente patenteada no Brasil, afirma.

A produção da membrana e de sua armadura para fixação no iPad são terceirizadas e a montagem acontece na sede da Magoo. A empresa negocia a comercialização do produto com redes varejistas nacionais e avalia a possibilidade de exportação.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top