Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Entra no ar o TocaLivros, app brasileiro de audiolivros

Postado em: 11/11/2014, às 17:37 por Fernando Paiva

O mercado brasileiro de audiolivros está renascendo, agora tendo o smartphone como principal canal de distribuição, após experiências não muito bem sucedidas com CDs. Nesta terça-feira, 11, entrou no ar oficialmente o TocaLivros, serviço de venda de audiolivros pela web e por apps móveis (Android, iOS). Nesse processo de revitalização do livro em áudio, o TocaLivros se junta ao uBook, outro serviço nacional recentemente noticiado em MOBILE TIME. A principal diferença é que o TocaLivros realiza venda avulsa dos títulos, enquanto o uBook optou pelo modelo de assinatura mensal.

O TocaLivros nasce com 100 títulos em catálogo, entre alguns de domínio público e outros de seis editoras com as quais já fechou parceria. A meta é atingir um catálogo de 2,5 mil livros até o final de 2015, quando prevê ter 200 mil usuários. Os preços variam entre R$ 3 e R$ 25 – os mais caros são sempre lançamentos. A ideia é que custe sempre algo entre um ebook e a versão impressa, relata Ricardo Camps, um dos sócio-fundadores.

A maior parte do catálogo foi produzida pela própria Tocalivros, que conta com uma equipe de 50 narradores, entre atores e locutores. "Temos todo um trabalho de direção para entender qual a melhor voz para cada título", relata Camps. Recentemente, um livro cuja história se passa no Nordeste, por exemplo, ganhou uma narrativa com sotaque nordestino, exemplifica.

Os arquivos de áudio usam o formato AAC, que comprime até quatro vezes mais que o MP3. Assim, cada 1 hora de livro tem aproximadamente 14 MB. Para se ter uma ideia, um livro de 350 páginas gera um audiolivro com algo entre 6 e 10 horas de duração, dependendo da sua densidade. Os títulos baixados pelos consumidores para seus smarphones ficam também guardados na nuvem associados às suas contas. Desta forma, o usuário pode apagar títulos do aparelho para liberar memória e baixar de novo no futuro, sem custo adicional. Os arquivos são protegidos por DRM e podem ser compartilhados com até quatro devices.

Para estimular o uso do serviço, a TocaLivros oferece o download gratuito de um trecho de até 10% de cada livro. Além disso, há uma promoção de lançamento da empresa: os 10 mil primeiros usuários que se cadastrarem no site ganharão um audiolivro de graça e 50% de desconto nas compras até o final de 2014.

O desenvolvimento dos apps foi feito por uma agência terceirizada, a Vorax. No roadmap para o futuro está uma versão para iPad e outra para Windows Phone.

A TocaLivros foi fundada por três empreendedores que vêm de setores tão diversos quanto marketing hospitalar e varejo de alimentos, mas que traziam em comum o gosto por audiolivros em inglês e a percepção de que havia uma oportunidade para esse negócio no Brasil. Os três sócio-fundadores são Guilherme Moreira Porto, Marcelo e Ricardo Camps. Para essa primeira fase de operação, conseguiram aporte de R$ 800 mil de investidores.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top