Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

RCS-e: comunicações ricas, relações enriquecidas

Postado em: 12/01/2012, às 10:36 por Vancrei Oliveira

Atualmente, o método mais comum de comunicação móvel em toda a Ásia Pacífico é ainda mensagens de texto. No entanto, a própria natureza da comunicação mudou na última década com a chegada de dispositivos mais inteligentes e o gosto dos consumidores se deslocando em massa para a adoção de novas tecnologias. Agora tuitamos aos nossos pares, usamos LinkedIn em vez de instintivamente buscarmos nossos cartões de visita e fazemos o upload e compartilhamos fotos no Facebook, em vez de trabalhar sobre álbuns de fotografias, cuidadosamente arrumados. Nossa vida social e a forma que interagimos e nos comunicamos estão cada vez mais migrando para o online. Estamos vivendo na era em que os assinantes estão sempre conectados e tudo é para agora. Não importa a aplicação ou onde ela está na Internet: os usuários tendem a ir direto para o seu telefone ou tablet para chegar à informação através de aplicativos ou páginas da web.

Esse aumento nas expectativas, juntamente com a evolução da tecnologia em constante aperfeiçoamento, gerou toda uma geração de "nativos digitais". Esse grupo, nascido ao mesmo tempo das primeiras ocorrências de Microsoft Windows, está sempre à procura da mais nova tecnologia e, para eles, não é mais suficiente apenas estar conectado através de um smartphone – o nativo digital também precisa ficar conectado a dispositivos móveis, eletrodomésticos, e-readers, televisores e câmeras. No entanto, como o âmbito de comunicação web-based cresce e nos movemos para cada vez mais conectados pelo mundo, as operadoras são confrontadas com a canibalização dos serviços de telefonia móvel mais convencional, como SMS e MMS. As teles precisam agora abraçar novos produtos que gerem receita nascidos do desejo dos clientes de obterem serviços de comunicações mais ricos.

A GSMA RCS-e (Rich Communication Suite enhanced) é um esforço colaborativo por parte das operadoras móveis, fabricantes de aparelhos, fornecedores de infraestrutura e desenvolvedores de aplicações que visa fornecer aos usuários finais melhores serviços e funcionalidades, e ao mesmo tempo ajudar a indústria a implantar capacidades expandidas. A iniciativa RCS-e é uma evolução dramática na experiência de comunicação do usuário final que, muito em breve, se tornará uma realidade.

A adoção nos mercados tradicionalmente mais maduros já começou. Cinco das principais operadoras móveis européias anunciaram planos para lançar RCS-e no final de 2011 / início de 2012. Na Ásia-Pacífico, prestadores de serviços e operadoras estão planejando roll outs a partir de 2012, com planos para enfrentar a etapa crucial do planejamento logístico e técnico para testes de mercado antes de lançar serviços em um país ou região.

RCS-e é um serviço de comunicações enriquecido, que é baseado em três características centrais: agenda de telefones melhorada, chamada de vídeo e compartilhamento de arquivos, e conteúdo multimídia para mensagens instantâneas. Esses estarão disponíveis em tempo real, vindo pré-instalados em dispositivos e acessíveis através da agenda de telefones.

Todos nós temos maneiras diferentes de se comunicar. Com a prevalência de SMS, mensagens instantâneas, Skype e e-mail, vamos tomar decisões sobre qual o método de comunicação é o melhor, com base na urgência e parâmetros de entrega. Um e-mail detalhado pode ser enviado para um amigo ou colega, normalmente com um baixo senso de prioridade; uma chamada de telefone é feita no caso de maior urgência ou intimidade; um SMS é uma comunicação curta, em preto-e-branco e sem corte, para a atenção imediata.

A RCS-e altera drasticamente esses parâmetros de comunicação ao incluir na agenda o status de presença dos contatos. Essa agenda única, cheia de perfis individuais, deixa os usuários livres para contato com outras pessoas em um meio que lhes convém, independentemente do método de acesso ou tipo de rede. Imagine um mundo onde os consumidores ficariam livres para comunicar abertamente entre os dispositivos, redes e serviços de internet: essa é a visão de RCS-e. A interoperabilidade e transparência são ingredientes fundamentais para garantir adoção em massa no mercado de qualquer serviço de comunicação e RCS-e se enquadra nesse contexto.

Assim como essa agenda de telefones melhorada, a RCS-e permite que aos assinantes enviem vídeos ou imagens durante uma chamada ativa. Um serviço avançado de mensagens facilitará a conversação, organizando todas as mensagens, sejam chat, MMS ou SMS, de acordo com os interlocutores e em uma linha de tempo, com capacidade de agrupamento e de distribuição multidispositivo. Isto é particularmente relevante para os "nativos digitais", que alternam entre um tablet, um smartphone, um laptop e um PC. Com RCS-e, as mensagens e as sessões compartilhadas poderiam ser acessadas de qualquer dispositivo.

A indústria de mensagens ainda está evoluindo em um ritmo alucinante. A iniciativa RCS-e vai empurrar o futuro das mensagens para o próximo nível, mudando a maneira que as pessoas se comunicam para melhor. Operadoras serão capazes de alavancar suas marcas e redes para oferecer um serviço atraente, enquanto o assinante se beneficiará de uma experiência mais focada no social e no compartilhamento.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top