Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Aplicativo auxilia médicos no tratamento da dengue

Postado em: 12/12/2012, às 17:10 por Fernando Paiva

O celular está se tornando uma ferramenta para profissionais de saúde. O mais novo exemplo é o recém-lançado aplicativo "UNA-SUS Dengue", voltado para médicos que lidam diariamente com pacientes com suspeita de dengue. O aplicativo auxilia no diagnóstico da doença e também na definição do tratamento mais adequado, dependendo dos sintomas, da idade, do peso e do sexo do doente, pois o nível de hidratação recomendada e demais procedimentos variam de caso a caso. O aplicativo foi criado para ser um complemento do curso de atualização do manejo clínico da dengue, oferecido pela Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS). A ideia partiu da equipe do UNA-SUS na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e foi desenvolvido em parceria com a empresa All4Mobile. O software está disponível para download gratuito na Google Play. Dentro de poucas semanas estará acessível também na App Store, da Apple.

O conteúdo do aplicativo segue à risca o protocolo de atendimento em caso de suspeita de dengue elaborado pelo Ministério da Saúde. Sem o app, o médico precisaria consultar o site do Ministério, pois o protocolo é um documento extenso. Além disso, o software calcula rapidamente o nível de hidratação requerido para cada paciente. "O atendimento se torna muito mais ágil com o aplicativo. A ideia surgiu com o propósito de ajudar no dia a dia do médico no posto de saúde", explica Alessandra Dahmer, coordenadora do UNA-SUS no UFSCPA.

Na descrição na Google Play, é destacado que o app se direciona a profissionais de saúde e não a pacientes leigos, para evitar a automedicação. Isso fica claro n linguagem usada no app, recheada de termos médicos.

Esta não é a primeira experiência da UFCSPA com aplicativos móveis. A universidade desenvolveu também um aplicativo para tablets Android que foi usado na aplicação de mais de 100 mil questionários do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), realizado pelo Ministério de Saúde.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top