Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Serviços de telecomunicações recuam 4,7% em novembro

Postado em: 14/01/2016, às 14:52 por Lúcia Berbert

Os serviços de informação e comunicação registraram variação negativa de 4,4% em novembro, na comparação com igual mês do ano anterior, contra queda de 3,2% na comparação com outubro e recuou de 0,6% ante setembro. As variações acumuladas no ano e em 12 meses ficaram em 0,1%, segundo a pesquisa mensal, divulgada nesta quinta-feira, 14, pelo IBGE. Os serviços de tecnologia da informação e comunicação (TIC) apresentaram queda de 4,3% no volume, com destaque para telecomunicações, com retração de 4,7%, e serviços de TI, com perdas de 2,9%.

Os serviços de TIC caíram 3,5% e 0,9% na comparação com os resultados dos meses de outubro e setembro, respectivamente. Nessas mesmas comparações, o volume dos serviços de telecomunicação recuou 4% e 2,4%, e o de TI caiu 1,7% ante outubro, porém aumentou 4,7%, em relação ao volume obtido no mês de setembro de 2015.

Os serviços audiovisuais, de edição e agências de notícias, apresentaram variação negativa mensal de 4,6% no volume, mas igual ao mesmo mês do ano anterior. Na comparação com o mês de outubro, a queda foi de 1,5% e ante setembro, a taxa ficou positiva em 0,8%. Em 11 meses, o acumulado é de retração de 4,1%, ficando em 4% considerando 12 meses.

Segundo o IBGE, o volume de serviços prestados no Brasil, no mês de novembro de 2015, apresentou queda de 6,3%, na comparação com igual mês do ano anterior, a maior da série iniciada em 2012, contra recuos de 5,8% de outubro e 4,8% de setembro, mantendo a sequência de resultados negativos registrados em 2015 (à exceção de março, que registrou crescimento de 2,3%). Nesta mesma comparação, a receita nominal registrou variação negativa anual de 0,8% em novembro, contra queda de 0,4% em outubro e estabilidade em setembro. A taxa acumulada da receita nominal no ano ficou em 1,4% e, em 12 meses, 1,6%.

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top