Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

MercadoLivre quer embarcar app em smartphones brasileiros

Postado em: 15/12/2011, às 18:27 por Fernando Paiva

Dentro de poucas semanas o MercadoLivre lançará a versão para Windows Phone de seu aplicativo móvel. Será o sétimo sistema operacional móvel a ganhar uma versão do software em menos de seis meses: em agosto foi lançado o app para BlackBerry e em seguida vieram as versões para iOS, Android, Symbian^1, Symbian^3 e MeeGo. O próximo passo na estratégia de mobilidade do MercadoLivre será negociar com operadoras e fabricantes o embarque prévio de seu aplicativo nos smartphones vendidos no País, informa o diretor geral da empresa no Brasil, Helisson Lemos. A intenção é popularizar o uso móvel da ferramenta, para ganhar ainda mais audiência.

Atualmente, o MercadoLivre tem 31 milhões de pessoas cadastradas no Brasil e recebe a visita de aproximadamente 14 milhões de usuários únicos por mês. O tráfego oriundo de aparelhos celulares representa hoje 3% do total e vem crescendo a um ritmo de 10% a cada mês. O site tem neste momento 12 milhões de anúncios no ar, quantidade que cresce entre 30% e 40% ao ano. "Temos uma das ferramentas de maior adesão da Internet brasileira. Poucos sites no País possuem o volume de usuários únicos do MercadoLivre", promove Lemos. Ele classifica uma possível parceria com as teles como uma relação de "ganha-ganha-ganha":  "O MercadoLivre, a operadora e o consumidor saem ganhando. Afinal, quando alguém compra um celular novo, o que faz com o antigo? O primeiro lugar que vem à cabeça para vender é o MercadoLivre", argumenta.

Entre janeiro e setembro, o MercadoLivre registrou mais de 37 milhões de itens vendidos. A empresa não divulga quantas transações foram feitas a partir de celulares. Mas o executivo relata que o engajamento do usuário é muito maior em mobilidade do que no desktop. Ou seja, proporcionalmente, quem acessa via celular realiza mais transações. Até o momento houve mais de 1 milhão de downloads dos apps móveis da empresa, com predominância das plataformas iOS e Android.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top