Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Área móvel da F.biz vira uma nova empresa, a MUV

Postado em: 16/11/2015, às 17:23 por Fernando Paiva

A área móvel da agência brasileira F.biz, que desde 2011 faz parte do grupo WPP, virou uma empresa à parte. Batizada como MUV (Mobile Unique Vision), a nova companhia tem como objetivo servir de ponte entre os mundos de telecom e de marketing, viabilizando projetos e campanhas que usem os canais de telecomunicações. A MUV já nasceu com um projeto de grande porte em seu portfólio: a negociação e a integração com as quatro grandes teles brasileiras para a oferta de acesso patrocinado ao app e ao site móveis da Netshoes, no ar  há duas semanas e revelado em primeira mão por MOBILE TIME.

"Entendemos que existem dois mundos: o de telecom, formado por operadoras, fabricantes e fornecedores de soluções, e o mercado publicitário, composto por anunciantes, veículos de mídia, agências etc. Esses dois mundos têm tentando se juntar, e nós os conhecemos muito bem. A gente vem fazendo essa ponte há 11 anos", comenta Marcelo Castelo, CEO e sócio-fundador da MUV ao lado de Rafael Magdalena, COO da empresa. "A MUV nasce aberta para trabalhar com o mercado inteiro. Não somos uma agência, mas um enabler para mobile marketing", esclarece.

O foco da MUV estará principalmente em mercados emergentes, como países da América Latina, África e Ásia. Ela cuida, por exemplo, da gestão do inventário de publicidade de operadoras móveis nos mais diferentes canais e herda desde já dezenas de campanhas móveis que estão no ar e que foram criadas ainda pela divisão móvel da F.biz. Sua previsão de receita para 2015 é de R$ 70 milhões.

A MUV tem escritórios no Brasil e nos EUA e 15 funcionários, todos dedicados à área de negócios. Outras necessidades da empresa, como as áreas de finanças e de recursos humanos, serão atendidas por companhias irmãs dentro do grupo WPP. É prevista a abertura de escritórios na África e na Ásia ao longo dos próximos dois anos. Os mercados mais atraentes nesses continentes são África do Sul, Indonésia e Filipinas, diz Castelo.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top