Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mais dez projetos de tráfego móvel patrocinado estão em negociação no Brasil

Postado em: 17/02/2016, às 11:32 por Fernando Paiva

Estão em negociação no Brasil mais dez projetos de acesso patrocinado a sites e apps móveis. Todas as iniciativas partem de e-commerces, das mais variadas verticais, e contam com a MUV como intermediária nas conversas com as quatro grandes operadoras móveis que atuam no País. Um já está com o contrato fechado e o acesso patrocinado deve ser oferecido a partir de abril. E outros três estão bem adiantados, revela Marcelo Castelo, CEO e sócio-fundador da MUV. Vale lembrar que em recente entrevista para este noticiário, o diretor de inovação e SVA da Vivo, Fernando Luciano, confirmou a proximidade do lançamento de um novo projeto de acesso patrocinado no Brasil.

A proposta nesse modelo é a seguinte: uma marca ou empresa arca com o custo do tráfego de dados do smartphone do consumidor final quando este navega em seu site ou app móveis. Até agora, somente duas iniciativas foram concretizadas: uma do Bradesco, lançada dois anos atrás para todos os seus apps; e outra do grupo Netshoes, que abrange os apps Netshoes e Zattini, disponibilizada pouco antes da Black Friday de 2015. O Bradesco negoiciou diretamente com cada operadora, enquanto no case do Netshoes esse trabalho foi feito em parceria com a MUV. Os bons resultados dessas duas iniciativas e o surgimento da MUV se posicionando como uma empresa especializada na intermediação entre as marcas e as quatro operadoras móveis parece ter animado outros e-commerces a trilhar o mesmo caminho.

A recessão econômica e o consequente controle de gastos por parte do consumidor brasileiro talvez também influenciem na decisão de oferecer o acesso patrocinado. Trata-se de um incentivo para que o usuário navegue pelo catálogo de produtos das empresas sem se preocupar com a sua franquia de dados, seja ele um cliente pós ou pré-pago. "A homepage móvel de vários e-commerces pesa mais de 1 MB, porque tem uma foto boa etc. Se o consumidor quiser comparar produtos e navegar por várias páginas, pode gastar mais de 10 MB, o que é o limite diário de muita gente. Precisamos tirar esse medo do usuário", diz o executivo.

Castelo destaca ainda que o tráfego patrocinado melhora o desempenho de campanhas de publicidade móvel, em qualquer formato (banner, SMS etc): basta informar no anúncio que o acesso não será cobrado, o que estimula o clique por parte do usuário.

"Os e-commerces nasceram no desktop há 10 anos. Hoje, mobile representa de 10% a 15% do faturamento deles, mas todo mundo está aprendendo mobile, pois não é a mesma coisa que o desktop. É outra tecnologia, outros trackers, outras redes de publicidade", compara o executivo.

Tela Viva Móvel

Castelo fará uma palestra sobre o potencial do mercado de acesso patrocinado na edição deste ano do congresso Tela Viva Móvel, que acontecerá nos dias 3 e 4 de maio, no WTC, em São Paulo. A programação atualizada está disponível no site www.telavivamovel.com.br. O evento é organizado pela Converge Comunicações e promovido por MOBILE TIME e TELETIME.

O case de acesso patrocinado do Bradesco venceu o Grand Prix do Júri no Prêmio Oi Tela Viva Móvel de 2015, além dos troféus da escolha do júri e do voto popular na categoria Mobile Marketing.

As inscrições para o Prêmio Oi Tela Viva Móvel deste ano estão abertas até o dia 15 de março. Podem concorrer cases lançados comercialmente no Brasil em 2015. A participação é gratuita e a inscrição deve ser feita online, no site do evento.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top