Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

A porta conectada

Postado em: 18/11/2015, às 08:53 por Roberto Dariva, da Navita

Uma das coisas que mais evoluirá nos próximos anos serão tecnologias para tornar nossas casas mais conectadas. Até agora o termo casa conectada nos levava e pensar num controle para abrir e fechar cortinas, algo bem sem graça que, na minha opinião, ofendia até o termo conectado. Mas a tecnologia está evoluindo e obviamente a mobilidade é peça chave em qualquer inovação. E a casa conectada está começando a sair da teoria para virar algo plausível, algo que pode ser realmente útil.

Toda casa é acessada por uma porta e é isso que vamos explorar nesse artigo: A PORTA CONECTADA!
Alguns “gadgets” que usam e abusam da mobilidade nos oferecem comodidade e geram o desejo de adquiri-los. Hoje vamos falar de dois equipamentos:

1) RING – Quando alguém chega em sua casa, a primeira coisa que a pessoa faz é tocar a campaínha para se anunciar. E se essa campaínha fosse uma vídeo-campaínha com uma app integrado ao seu smartphone ou tablet e você poderia atender sem nem mesmo estar em casa? Para isso a empresa ring.com lançou o produto homônimo que custa em torno de US$ 200,00 e pode ser o primeiro passo para tornar sua casa conectada. Esse equipamento se conecta por Wi-Fi em sua rede e gera vídeos em formato HD, além de monitorar a área que você determinar, através do envio de alertas, mas não abre a porta ou portão como a maioria dos vídeo porteiros que existem no mercado. A empresa ainda oferece garantia eterna contra roubo, pois inventaram e patentearam uma chave para instalação. Ainda não vendem no Brasil, acho que é por isso que ainda oferecem garantia vitalícia!

As pessoas que já compraram reclamaram que só funciona bem se o roteador Wi-Fi estiver bem perto. Muitos reclamaram do longo espaço de tempo entre o visitante pressionar a campainha e o app responder. A Ring oferece um app gratuito com algumas funcionalidades e outro que custa US$ 3,00/mês com todas e isso tem deixado muitos clientes irritados: a principal reclamação é que a maioria não quer pagar 3 dólares por mês por uma campainha. Conforme o produto for amadurecendo, essas reclamações devem diminuir.

2) AUGUST – Outro produto que pode turbinar sua porta de entrada é o August. O conceito é fantástico e permite configurar dispositivos móveis que, uma vez integrados, funcionam como chave de acesso e destravam a porta através de comunicação bluetooth. Se um convidado for visitá-lo, você também pode enviar uma credencial de acesso por determinado período (2 horas, por exemplo) e assim que a pessoa se aproximar do seu portão, o August reconhecerá o cartão de acesso que você enviou para a app instalada no smartphone do seu convidado e destravará a porta automaticamente. Até mesmo em situações que você não pode estar em casa para receber alguém, como o encanador ou o eletricista de sua confiança, mas precisa dar acesso, poderia fazê-lo através desse dispositivos que lhe avisa no smartphone quando a pessoa chega e quando ela sai de sua casa.

Clientes também reclamam de bugs do August e esses são um pouco mais sérios na minha opinião. Por exemplo, algumas pessoas reclamam que o August, eventualmente, abre a porta sozinho. Imaginem isso numa casa em São Paulo ou no Rio de Janeiro? Seria um risco muito grande. Outras reclamam que chegam com o carro e acessam pelo portão automático da garagem, mas o August percebe a aproximação do seu dispositivo móvel e torna a destravar a porta.

Mas o interessante de tudo isso é como alguns dispositivos passam a mudar nossas vidas. Com eles você não precisa estar em casa para atender a campainha ou mesmo ficar esperando alguém chegar para abrir a porta. A mobilidade ainda vai fazer esse tipo de conveniênica crescer muito e, seguramente, mudará ainda mais nossas vidas. Da mesma forma, trará novos riscos que teremos que aprender a mitigar, pois, quanto mais conectada sua vida for, mais risco de alguém tentar invadi-la digitalmente (hackear). Através de produtos como o August, um ladrão hi-tech poderia "arrombar digitalmente" sua porta.

Ao conectar sua casa, esqueça o abre e fecha das cortinas, parta para algo que realmente facilite sua vida e seja útil. Aproveite! Mobilize-se!

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top