Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Três meses depois: Quantum Go é um smartphone básico para começar 2016

Postado em: 18/12/2015, às 17:53 por Henrique Medeiros

Em setembro, a Quantum chegou ao mercado trazendo seu smartphone, o Quantum Go. O handset chegou ao mercado fazendo um certo estrondo, pois utilizava em parte o modelo da Meizu e da Xiaomi – dando foco no e-commerce –, mas adicionou estandes em shoppings para aumentar as vendas e o engajamento com o consumidor.

À época, o smartphone teve sucesso principalmente por seus preços iniciais: R$ 699 no modelo com 3G e 16 GB e R$ 899 para o celular com 4G e 32 GB. No entanto, três meses  depois e próximo do fim da Lei do Bem,  o Quantum Go 4G ficou R$ 100 mais caro e o 3G R$ 200.

Embora seu desempenho não decepcione, há algumas ressalvas a considerar sobre o aparelho. A qualidade da câmera traseira de 13 megapixels não é muito boa para fotos com quadro amplo ou baixa luminosidade. E a bateria dura em média um dia.

O handset esquenta ao rodar alguns vídeos de longa duração, aplicações pesadas e jogos. Contudo, isto não deve ser creditado ao processador MediaTek MTK 6592, mas ao tamanho da tela (5 polegadas) e à espessura (6.5 mm).

Sua qualidade de vídeo é boa para ver vídeos na web (YouTube e Netflix), mas é ruim para TV Digital, em especial para jogos de futebol. Já o seu áudio é surpreendente: as duas caixas inferiores do Quantum Go emanam com clareza alguns sons quando não colocados no máximo.

Vale ressaltar que o aparelho teve oscilações nos acesso Wi-Fi, 3G e 4G. Procurada, a empresa relatou que alguns modelos do Quantum tiveram problemas para as redes móveis e que isso seria resolvido com a atualização de firmware. Após instalar o pacote, o acesso voltou ao normal.

Destaca-se ainda algo que quase nenhum colega meu gosta de falar, mas, quando posso dou o devido destaque. O design do Quantum tanto em sua apresentação (caixa, carregador e fone de ouvido) são bonitos e lembram os smartphones premium e de preço médio da Sony e da Samsung, com frame metalizado e proteção Gorilla Glass dos dois lados.

Por ter o Gorilla Glass dos dois lados, é bastante comum ele deslizar sobre a mesa. Durante os testes ele deslizou e caiu de minha mesa várias vezes e a tela não rachou, trincou ou quebrou.

Resumo

Na faixa de preço entre R$ 500 e R$ 1.000, o Quantum Go pode ser considerado um rival direto de smartphones como Moto G (3ª geração), Zenfone Live e Samsung Galaxy J5, todos lançados em 2015.

Embora seja destinado ao público mais jovem, o Quantum Go não é um celular para qualquer adolescente e sim para aquele que está entrando no universo móvel, pois ainda não possui grandes dimensões em foto e vídeo – algo extremamente requisitado por esse grupo de consumidores.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top