Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Cresce a venda de celulares dualSIM no Brasil em 2013

Postado em: 19/02/2014, às 13:59 por Redação

Assim como em outros mercados em desenvolvimento, as taxas de interconexão continuam moldando o perfil do consumidor brasileiro na hora de escolher o telefone móvel. Prova disso é que a venda de celulares dualSIM obteve alta de 11% em 2013, de acordo com o levantamento Balanço Telecom da Nielsen divulgado nesta quarta-feira, 19. Esse avanço aconteceu apesar de um peso maior no bolso para o consumidor: o preço médio desses dispositivos cresceu 3% em relação a 2012, passando para R$ 641.

O brasileiro procura esse tipo de telefone porque consegue ligações ilimitadas ou ao menos mais baratas para realizar chamadas para números da mesma operadora (on-net). Até por isso, a teledensidade de 136,45 acessos por cem habitantes, segundo dados da Anatel referentes a dezembro do ano passado, acaba não refletindo exatamente a penetração de celulares no mercado.

De qualquer forma, o País já começa a exibir uma maturidade na escolha do tipo de telefone adquirido. Ainda segundo a Nielsen, a venda de smartphones no Brasil em 2013 cresceu 95% em relação ao ano anterior, fazendo com o que esses dispositivos tenham sido mais vendidos do que os feature phones pela primeira vez no País. Dessa forma, durante o mês de dezembro, os smartphones foram 54% dos modelos comercializados no mercado.

A conclusão confirma a tendência apontada por outros analistas de mercado e indica que, apesar de o volume de vendas de celulares ter caído 13% no ano passado, o consumidor brasileiro tem investido mais em aparelhos – afinal de contas, os smartphones são mais caros que os telefones comuns, especialmente para quem passa direto para os modelos high-end. A Nielsen considera que o mercado brasileiro não tem muito mais espaço para expansão, "em vista que já tem grande penetração", o que levaria a um perfil de consumidor que investe mais em substituição dos dispositivos do que na aquisição pela primeira vez de um celular.

Tablets

A pesquisa indica também um crescimento de 312% nas vendas dos tablets. Esses aparelhos, segundo a pesquisa, tiveram preço médio de R$ 542,80 em 2013. Mesmo assim, a faixa de dispositivos que registrou maior aumento nas vendas (509%) foi a de tablets de até R$ 1 mil. As unidades com valor entre R$ 300 a R$ 500 aumentaram 240%.

Assim, o mercado brasileiro agora é dominado por tablets abaixo dos R$ 1 mil, que tiveram 94% de participação em dezembro de 2013, contra 66% no mesmo período do ano anterior. Os aparelhos na faixa de preço de R$ 300 a R$ 500 passaram a ser 38% das vendas no mercado.

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top