Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Versão brasileira da Samsung Apps vira referência mundial

Postado em: 19/04/2013, às 14:02 por Fernando Paiva

A versão brasileira da Samsung Apps, loja de aplicativos móveis da Samsung, se tornou um modelo a ser seguido pelas demais subsidiárias da fabricante sul-coreana. A razão disso foi seu sucesso em estabelecer parcerias com provedores de conteúdo local, que teve como reflexo uma melhora nas vendas de tablets e smartphones da marca no Brasil. "A Samsung do Brasil foi a primeira subsidiária que ultrapassou o iPad em vendas no mundo, em outubro do ano passado", relata Robson Lisboa, executivo da empresa responsável pelas parcerias de conteúdo móvel para América Latina.

A empresa não revela números absolutos de downloads em sua loja no Brasil, mas afirma que o volume cresceu 400% em 2012 em comparação com o ano anterior. Considerando a quantidade de terminais Samsung no mercado nacional, a loja brasileira é, proporcionalmente, uma das líderes em downloads, dentre todas as Samsung Apps do mundo, diz Lisboa.

Foram várias as parceiras para a criação de conteúdo local. Entre as que mais chamam a atenção estão aquelas com a revista Coquetel e com a empresa de jogos Grow. Em ambos os casos, a Samsung ajudou-as a entrar no mundo mobile e garantir um período de exclusividade para a oferta dos apps em sua loja. Parte do desenvolvimento foi feito por engenheiros da fabricante no Brasil.

A empresa dá destaque especial aos parceiros na página de entrada da loja. A divulgação gera efeitos imediatos. Lisboa cita o caso da Editora Globo com o app da revista Época, disponibilizado simultaneamente na Samsung Apps e na Google Play. A diferença é que na primeira houve destaque na página de abertura da loja, durante um mês. Resultado: houve quatro vezes mais downloads na Samsung Apps do que na Google Play durante esse mês, reportou a Editora Globo. Vale lembrar que a Google Play é acessada por qualquer aparelho Android, inclusive pelos próprios modelos da Samsung.

Outro diferencial criado pela Samsung no Brasil é a oferta gratuita de certos conteúdos locais para os consumidores que compram seus tablets e smartphones. Hoje, quem compra um tablet da Samsung ganha seis meses de assinatura das revistas Veja, Superinteressante, Alfa e Casa Cláudia. Outro exemplo é a oferta de dois meses de graça do serviço de video on demand (VOD) da Netmovies.

"As outras subsidiárias também querem chamar a atenção de empresas relevantes em seus países e entregar serviços inovadores para seus consumidores", diz o executivo. "Nosso processo completo de estabelecimento de parcerias comerciais gerou o benchmark global da Samsung. Várias subsidiárias foram apresentadas ao nosso modelo. Ensinamos como funcionam as parcerias e como devem beneficiar todas as partes envolvidas", complementa.

Teste

Todos os apps disponibilizados na loja passam antes por testes exaustivos de compatibilidade com os aparelhos da Samsung. Cada título leva até duas semanas para ser averiguado. "Se o app é reprovado, mandamos feedback filmado para o desenvolvedor", conta Lisboa.

O ícone da Samsung Apps vem instalado em todos os smartphones da fabricante. O catálogo da loja é majoritariamente formado por títulos desenvolvidos para Android. Mas em breve entrarão aplicativos para o sistema operacional Tizen, cujos primeiros produtos devem chegar ao mercado brasileiro ainda este ano.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top