Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Pocket é um app útil para quem é convergente

Postado em: 19/11/2014, às 14:44 por Bruno do Amaral

Uma das vantagens de se usar o navegador Chrome (tanto no iOS quanto no Android) é a sincronização de abas com o computador, só que às vezes você não quer manter tantas páginas abertas só para poder usá-la no seu dispositivo de preferência. Há vários recursos do tipo "leia mais tarde" nas lojas de aplicativos, mas vale destacar o Pocket, que funciona de maneira simples, traz uma interface bonita e, melhor de tudo, funciona offline.

A melhor maneira de aproveitar o Pocket é instalando a extensão para o Chrome no computador. Assim, você pode acessar os links salvos em outros dispositivos, o que torna tudo muito mais simples. Feito isso, o app em smartphones e tablets – ele é compatível tanto com Android quanto iOS – funciona de maneira descomplicada. Se você encontra um site que quer deixar para visualizar em outro momento, basta copiar o link – o aplicativo reconhece uma URL na área de transferência e sugere se você quer salvá-lo em sua lista.

Outra forma é simplesmente manter pressionado um link em outros aplicativos, como o Twitter, por exemplo, no iOS. Ele reconhece que você está querendo abrir o link em outro app e pergunta se o usuário quer enviar a URL direto para o Pocket. No Android, é preciso selecionar o ícone de compartilhamento em um tweet para poder visualizar a opção "Adicionar no Pocket". Esse recurso é particularmente útil para quem tem o costume de favoritar no Twitter (especialmente no TweetDeck no computador) para salvar um link para ler depois, já que usar o Pocket pode ser mais simples e, sobretudo, mais privado, já que seus favoritos não poderão ser visualizados por qualquer pessoa.

A interface do Pocket em si lembra a de leitores como o Pulse, o Google Currents ou o Flipboard. Ele dispõe as notícias e artigos como um site de notícias, na ordem em que os links foram incluídos. Vale ressaltar que o aplicativo também salva vídeos offline – claro, desde que o site permita isso (não é o caso do YouTube, por exemplo). Há ainda recursos de tags, para organizar os artigos salvos, e ainda lista de favoritos dentro do app, para os links que você queira destacar e revisitar rapidamente.

O aplicativo já possui compatibilidade com o iOS 8.0 e com o Android 5.0 (Lollipop) e, melhor de tudo, é grátis – embora ele ofereça opções de in-app purchase (IAP) para uma versão premium. A diferença é que essa versão paga salva os links de forma permanente, mesmo se a página em questão for apagada na Internet, além de prometer uma "pesquisa mais potente" e sugestões de tags. A assinatura é salgada para o pouco que oferece a mais: US$ 4,99 ao mês nos dispositivos da Apple e R$ 12,71 mensais no Android. Pelo menos é perfeitamente evitável e o usuário não será bombardeado com banners perguntando se ele quer fazer o upgrade.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top