Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

4G: Santos desliga sinal de TV analógico

Postado em: 19/12/2017, às 18:57 por MOBILE TIME

O prazo final para o desligamento do sinal analógico da TV aberta em Santos (SP) acontece nesta quarta-feira, 20, às 23h59. A decisão foi tomada pelo Grupo de Implantação da TV Digital (GIRED) que já havia estendido o desligamento no dia 29 de novembro para a nova data porque o percentual mínimo de 90% dos domicílios aptos a recepcionar a programação digital não havia sido cumprida.

Até a última segunda-feira, 18, 72% das 143.138 famílias inscritas no Cadastro Único do Governo da região, que têm direito a receber os kits (conversor, antenas e controle remoto) da TV digital, haviam retirado o equipamento e 2% haviam feito o agendamento para receber os conversores.

Em outras regiões do estado de São Paulo o desligamento será aos poucos. Em Campinas e no Vale do Paraíba o processo começou no dia 29 de novembro e vai até 17 de janeiro de 2018.  Já em Ribeirão Preto, e em Franca o desligamento do sinal foi adiado para 31 de janeiro de 2018. Antes da data final, será realizada uma nova pesquisa para medir o percentual de digitalização da TV aberta nas duas regiões.

As regiões de Bauru, Presidente Prudente e São José do Rio Preto, também em São Paulo, deverão ser digitalizadas no dia 28 de março de 2018 e outros 396 municípios do interior paulista terão unicamente sinal de TV Digital em 28 de novembro de 2018.

Nas regiões metropolitanas de Florianópolis (SC), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS) o sinal analógico também será desligado no dia 31 de janeiro de 2018.

Banda larga móvel

O processo de liberação da faixa de frequência da TV aberta, de 700MHz é algo bastante esperado pelas operadoras móveis. Com o desligamento do sinal analógico, esta radiofrequência será liberada para ampliar a velocidade e a capacidade a banda larga móvel 4G no País, além de permitir uma maior qualidade do serviço nos ambientes fechados.

0 Comentários

Os comentários estão fechados.