Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Spotify adiciona vídeos, podcasts e uma ferramenta especial para corredores

Postado em: 20/05/2015, às 14:45 por Redação

O serviço de streaming de música Spotify apresentou um série de novidades para os seus usuários, a começar pela inclusão de vídeos e podcasts sobre notícias e entretenimento ao seu catálogo. Alguns conteúdos serão produzidos pela própria empresa e outros por terceiros, como canais e produtoras de TV renomadas, dentre as quais: BBC, ESPN, Comedy Central, Vice Media, TED etc.

Outra novidade é a ferramenta "Now", ou "Agora", que trará sugestões de músicas, podcasts ou vídeos de acordo com o momento do dia, como deslocamento para o trabalho, ou antes da balada. As sugestões feitas nessa categoria levam em conta também o histórico de cada usuário e suas preferências musicais aprendidas pela plataforma do Spotify.

Corredores

Outra ferramenta nova que chama a atenção é a "Spotify Running". A ideia é oferecer músicas que casem com o ritmo de corrida do usuário. Quando estiver correndo e ouvindo Spotify, basta selecionar o "Spotify Running" para que o app meça a sua velocidade e execute músicas cuja batida se encaixe nela, levando em conta também as preferências musicais da pessoa. Há ainda faixas instrumentais feitas especificamente para o Spotify Running que reagem aos passos do ouvinte, adaptando automaticamente o seu BPM (toques por minuto) à velocidade do corredor. Em breve o Spotify Running será integrado aos apps Nike+ e RunKeeper.

O Spotify Running já está disponível para todos os usuários do aplicativo na versão iOS. Já os vídeos e os podcasts começam pelos mercados dos EUA, Reino Unido, Alemanha e Suécia, também somente em iOS.

Análise

O anúncio do Spotify acontece um dia depois de o Deezer divulgar a inclusão de 20 mil podcasts em seu catálogo. Tudo indica, portanto, que as plataformas de streaming de música estão expandindo os seus domínios. Se a inclusão de podcasts era algo natural, a adição de vídeo representa um movimento mais ousado, pois significa uma ameaça em potencial para serviços como YouTube e Netflix.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top