Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Kakao Talk divulga seus números: 5,5 bilhões de mensagens por dia

Postado em: 24/02/2014, às 13:16 por Fernando Paiva, de Barcelona

Depois da venda do WhatsApp para o Facebook por US$ 19 bilhões, as atenções se voltaram automaticamente para outros serviços de mensagens instantâneas no celular, como o Kakao Talk, do sul-coreano Kakao Group. Seu CEO, Sirgoo Lee, participou de painel no Mobile World Congress (MWC) nesta segunda-feira, 24, em Barcelona, e apresentou alguns dos números mais recentes da sua operação. O Kakao Talk está disponível em 14 línguas, em 230 países e soma 130 milhões de usuários que enviam 5,5 bilhões de mensagens por dia. Na Coreia do Sul, 73% da população têm smartphones e 93% usam o Kakao Talk. É o app mais usado do país. Kakao Talk virou até palavra dicionarizada em coreano, com o significado de "vamos ficar em contato", disse o executivo.

A receita da empresa vem da venda de jogos e emoticons, ou adesivos digitais, usados para ilustrar conversas. Os conteúdos são feitos por desenvolvedores e artistas parceiros, com os quais o Kakao Group divide a receita. Sete jogos do Kakao tiveram mais de 10 milhões de downloads e dois superaram a marca de 20 milhões. A receita anual com games da empresa é de US$ 1 bilhão. 30 dos 40 jogos que mais geram receita na Google Play na Coreia são do Kakao. Na App Store, são 20 dentre 40.

O Kakao Talk se transformou em uma rede social com o passar do tempo. A versão rede social, chamada Kakao Story, conquistou 10 milhões de usuários em nove dias. Hoje são 55 milhões, mais do que o Facebook na Coreia do Sul. Cada usuário tem em média 108 amigos conectados.

Diferenças culturais

Lee enxerga uma diferença cultural entre ocidentais e orientais no que diz respeito à sua relação com o próximo e com a natureza. Ele deu a entender que os produtos do Kakao Group seriam inspirados nessas características orientais, o que poderia explicar seu sucesso na Coreia do Sul, pelo menos. Disse que enquanto os ocidentais se preocupam muito consigo mesmos, os orientais teriam uma compreensão mais coletiva da sociedade e mais integrada com a natureza também. Enquanto muitos veem serviços OTT como rivais das teles, o executivo encerrou sua apresentação propondo uma atuação conjunta e parcerias com as operadoras.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top