Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Após testes no Brasil, Telefônica assina contrato global de monitoramento de rede

Postado em: 24/11/2015, às 09:39 por Fernando Paiva

Após testes bem-sucedidos no Brasil durante a Copa do Mundo, a Telefônica vai adotar globalmente uma solução de monitoramento de performance de rede desenvolvida pela Accedian Networks. O Brasil será um dos primeiros mercados a receber a novidade, que deve ser implementada em todas as 21 operações do grupo espanhol ao redor do mundo dentro de dois anos. A performance de toda a rede 4G e de boa parte da 3G passará a ser acompanhada em tempo real. Vale destacar que se trata da compra da plataforma, não um contrato de software como serviço. É um investimento de fato, ou seja, Capex. O valor do negócio não foi divulgado.

A solução permite verificar a qualidade de experiência de oito classes de serviços a partir do monitoramento do tráfego na rede de transporte, ou seja, no elo entre as estações rádio-base (ERB) e o núcleo da rede. São instalados equipamentos para o envio e recebimento de pacotes que simulam cada serviço e tornam possível verificar dezenas de indicadores diferentes. O acompanhamento é feito recorrentemente, de minuto a minuto.

A operadora programa na plataforma alarmes para cada indicador, serviço e região, usando como base os termos dos contratos de nível de serviço (SLAs). Uma das vantagens da solução da Accedian é ser capaz de monitorar equipamentos de quaisquer fornecedores, em qualquer topologia de rede. Os resultados são apresentados em relatórios e em um painel, que podem ser acompanhados por diferentes áreas da operadora.

"Damos a visibilidade plena da rede, o que confere a capacidade de a operadora agir proativamente, permitindo sanar o problema antes que vire algo mais grave", comenta Álvaro Aquino, vice-presidente regional da Accedian Networks. O executivo explica que a maioria das teles trabalha com um monitoramento reativo, que só gera alertas quando um problema na rede já está afetando de maneira significativa o serviço para os usuários. Ele destaca também a vantagem de a plataforma auxiliar no planejamento de novos investimentos em infraestrutura: "Pode-se fazer um investimento localizado, em vez de uma ampliação em massa da rede. A plataforma revela as áreas onde sobra banda e aquelas onde falta."

Hoje a Accedian atende a mais de 375 operadoras em 65 países. Além da Telefônica, tem outro cliente na América Latina, cujo nome será divulgado em breve.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top