Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Apenas 34% dos usuários de iPhone no Brasil acessam serviços de música digital

Postado em: 25/04/2013, às 18:38 por Fernando Paiva

O mercado de música digital no Brasil ainda tem muito espaço a crescer. É o que revela uma pesquisa sobre os hábitos musicais dos usuários brasileiros de iPhone: apenas 34% deles acessam algum tipo de rádio online ou portal de música, gratuito ou pago, pelo celular ou pela web. E entre eles percebe-se uma grande pulverização dos players existentes, pois mais de 50 portais diferentes foram citados. O iTunes ficou em primeiro lugar, citado por 11% dos que acessam algum serviço de rádio online ou portal de música, junto com UOL e Vagalume, também com 11% cada. Em seguida vieram: YouTube (8%), GrooveShark (6%), Sonora (6%), 4Shared (5%), Kboing (5%) e Rdio (5%). Outros 49 serviços foram lembrados, todos com percentuais irrisórios. Era permitido responder com mais de um serviço.

A pesquisa, realizada pela Hibou, entrevistou 570 usuários de iPhone em janeiro passado, mas somente agora teve seus resultados divulgados. A baixa adesão a serviços de música digital chama a atenção especialmente por se tratar de uma pesquisa feita justamente com um público de alto poder aquisitivo. Entretanto, isso não significa que os usuários de iPhone não escutem música no celular. Pelo contrário: 80% dos entrevistados têm músicas armazenadas em seus smartphones. A maioria, pelo visto, foi transferida do computador para o telefone. Um hábito interessante: 50% daqueles que têm músicas guardadas no iPhone costumam criar playlists no aparelho.

A média do brasileiro é ter 400 músicas guardadas no iPhone. Na verdade, as quantidades mais comuns giram em torno de 100, 200 ou 300 músicas, mas alguns entrevistados com coleções gigantescas desviam a média para cima. "Tem gente com 5 mil, até 12 mil músicas no iPhone", relata Marcelo Beccaro, sócio da Hibou e coordenador da pesquisa. No PC ou laptop, os entrevistados costumam ter uma quantidade cinco vezes maior de músicas que no smartphone. A média é de 2 mil faixas armazenadas no computador pessoal, revela a pesquisa.

Offline

Os hábitos musicais, digamos, desconectados também foram tema da pesquisa. Para a surpresa de Beccaro, 70% dos entrevistados disseram que descobrem novos hits escutando estações de rádio. E 50% citaram os amigos como fonte de descoberta de músicas. Outro dado interessante: metade dos donos de iPhone não compraram nenhum CD físico em 2012.

A Hibou pretende realizar essa pesquisa uma vez a cada trimestre. A edição do segundo trimestre está em andamento. Perguntas sobre serviços de streaming serão acrescentadas na terceira edição.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top