Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Looke compra a marca Netmovies

Postado em: 26/11/2015, às 18:16 por Fernando Paiva

A Looke, empresa brasileira que gerencia uma plataforma homônima de vídeo sob demanda, comprou a marca Netmovies. Ela passa a ter direito sobre as marcas, domínios e mailing de usuários. O valor da compra não foi divulgado.

Os usuários do Netmovies passam a ter acesso a mais de 8 mil vídeos disponíveis, cerca de dez vezes mais que o acervo anterior. O valor da mensalidade se mantém o mesmo para as duas plataformas, ou seja, R$ 18,90, com acesso a conteúdo HD em até três telas. Além do conteúdo para streaming, o assinante passa a ter acesso a lançamentos para locação e compra.

Segundo o diretor de business affairs do Looke, Luiz Guimarães, a Netmovies já contou com mais de 505 mil assinantes cadastrados e o mailing é superior a 2,4 milhões de e-mails cadastrados.

Competição

A Looke foi lançada em junho deste ano e está disponível na web, em smart TVs de marcas como Samsung e Sony e LG, além de dispositivos móveis Android e iOS. Seu principal diferencial em relação ao Netflix é a oferta não apenas de streaming, mas de locação e venda de filmes digitais. Isso permite que sejam oferecidos títulos que acabaram de sair do cinema. "Entendemos que não somos concorrentes, mas complementares. Quem assina Netflix e Looke tem acesso a muito mais conteúdo", diz Guimarães.

A empresa está negociação para oferecer a locação de um filme simultaneamente com seu lançamento nas telas do cinema. Trata-se do filme "O Condado Macabro", que é distribuído pela Encripta, empresa que desenvolveu a plataforma da Looke. Hoje, 70% do catálogo da Looke é internacional e 30%, nacional. "Eu recebo com alegria cada contato relacionado a catálogo. Estamos procurando conteúdo regional para botar dentro do Looke tb", diz o executivo.

A meta da empresa é chegar a 600 mil assinantes até o fim de 2017.

 

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top