Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

22 milhões de clientes da TIM trafegam dados pelo celular todo mês

Postado em: 30/04/2013, às 15:17 por Fernando Paiva

Durante o primeiro trimestre deste ano, em média 22 milhões de assinantes da TIM acessaram a rede de dados da operadora pelo menos uma vez por mês. Isso representa 31% da sua base total de linhas em serviço, que era de 71 milhões ao fim de março. Um ano atrás, no primeiro trimestre de 2012, a base de assinantes que acessavam dados na rede da operadora pelo menos uma vez por mês era de 18 milhões. Houve, portanto, um crescimento de 25%.

Parte desse crescimento se deve à popularização de webphones e de smartphones. Essas duas categorias de aparelhos respondiam por 31% da base total de terminais da TIM em março de 2012. Um ano depois, essa participação saltou para 46%. Entre janeiro e março deste ano, 70% dos aparelhos vendidos pela TIM foram webphones ou smartphones. Também contribuem os planos comerciais de dados da operadora, que cobra, no caso do pré-pago, apenas por dia de uso (R$ 0,50/dia) e, no pós-pago, apenas pelo mês de uso.

A quantidade de usuários de SMS também cresceu. Em fevereiro do ano passado, 20,5 milhões de assinantes da TIM usaram o serviço. Um ano depois, em fevereiro de 2013, foram 23,1 milhões. Houve aumento de 13%. A quantidade de dias de uso por mês subiu 19%, mas neste caso a operadora não revela valores absolutos. A informação é importante porque a empresa cobra por dia de utilização do SMS, no caso de clientes pré-pagos.

É interessante notar que atualmente a base de usuários únicos de dados móveis por mês na TIM é quase igual àquela de usuários de SMS. Se for mantida essa velocidade de crescimento, a ultrapassagem acontecerá ainda este ano.

Balanço

Esses números foram apresentados junto com a divulgação do balanço financeiro da companhia, nesta terça-feira, 30. Por sinal, os serviços de valor adicionado foram um dos destaques: sua receita cresceu 25% entre o primeiro trimestre de 2012 e o mesmo período este ano, saltando de R$ 1 bilhão para R$ 1,25 bilhão. Se comparado com dois anos atrás, o crescimento foi de 94%. Os serviços de dados já respondem por 21,4% da receita bruta de serviços móveis da operadora. Um ano atrás representavam 18,1% e no primeiro trimestre de 2011, 13,8%.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top