Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

SMS completa 20 anos nesta segunda-feira

Postado em: 30/11/2012, às 13:34 por Redação

A mensagem de texto transmitida por redes celulares, também conhecida como SMS (Short Message Service), completará 20 anos de existência nesta segunda-feira, 3 de dezembro. O primeiro SMS foi enviado nesta data, em 1992, por um engenheiro de testes do Sema Group para um funcionário da operadora britânica Vodafone. A mensagem dizia "Feliz Natal". No ano seguinte, a operadora sueca Telia Sonera lançou o primeiro serviço de SMS, que consistia em uma notificação de recados deixados na caixa postal do assinante. Em seguida, a tele finlandesa Elisa criou o primeiro serviço de troca de mensagens diretamente entre usuários.

De lá para cá, muita coisa mudou. O SMS virou uma ferramenta de massa: a previsão da Informa Telecoms & Media é de que este ano 6,7 trilhões de mensagens de texto serão enviadas no mundo, o que representa um crescimento anual de 13,6%. Para 2016, a estimativa é que o volume suba para 9,4 trilhões, gerando uma receita de US$ 127 bilhões para as operadoras do mundo todo.

No passado, o SMS enfrentou dificuldades. A principal delas foi a falta de interoperabilidade do serviço. Por muitos anos só era possível trocar mensagens entre assinantes da mesma operadora. Os acordos de interoperabilidade ao longo da década passada viabilizaram a popularização do serviço, junto com a redução dos preços – hoje muitas teles oferecem pacotes ilimitados para envio de mensagens.

Embora a previsão da Informa seja de crescimento do volume de mensagens nos próximos anos, há alguns fatores contrários a essa tendência. O principal deles é o fortalecimento de serviços de mensagens instantâneas em smartphones, como WhatsApp, Viber e Facebook Messaging. A comunicação através desses apps costuma ser mais barata que o SMS e vem conquistando cada vez mais usuários. Contudo, esses serviços também sofrem com a falta de interoperabilidade (dessa vez entre eles próprios, não entre as redes móveis).

Futuro

Para as teles o futuro do SMS está em plataformas de RCS-e (Rich Communication Suite Enchanced). Elas dão às operadoras a possibilidade de lançar serviços de mensagens instantâneas multimídia, com compartilhamento de fotos e vídeos, sobre a rede celular. Esta é considerada a evolução do SMS. As teles espanholas já se uniram em torno do RCS-e, com o lançamento esta semana do joyn, um serviço com essa tecnologia e interoperável.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top