Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Empresa sueca lançará no Brasil vale-presente via celular

Postado em: 31/05/2012, às 12:21 por Guilherme Sorgine

Com investimentos globais da ordem de US$ 10 milhões, o Wrapp, aplicativo para distribuição de gift cards em redes sociais, deve chegar ao Brasil no fim do mês de junho. O app já está sendo lançado em países do hemisfério norte desde novembro de 2011, acaba de chegar ao mercado dos Estados Unidos e está se preparando para fazer o mesmo no Brasil, onde se espera que possa abocanhar uma base de 4 milhões de clientes até o fim do ano. O serviço estará disponível para ser baixado gratuitamente nas plataformas Android e iOS.

Criado para usuários de smartphones, o Wrapp permite a distribuição de vale-presentes (gift cards) para amigos em redes sociais. Por ora, o serviço está habilitado apenas para o Facebook, mas os planos da empresa são de expandir esse leque de opções até o fim do ano.

O app trabalha com gift cards pagos e gratuitos oferecidos por marcas e lojas que tenham aderido ao serviço. No caso dos cards gratuitos, é o próprio lojista que subsidia um determinado valor a ser gasto em compras. Já no modelo de cartão pago, o usuário insere no card um determinado valor (em Reais) a ser dado de presente ao seu amigo, que pode gastá-lo para comprar o item de sua preferência. Até o momento, já foram fechadas no Brasil parcerias com cerca de 20 grandes varejistas, e há negociações com outras 15 lojas.

“O presente é a expressão do que há de mais natural no ser humano, que é a afeição e a necessidade de demonstrar carinho. O Wrapp inova justamente por levar isso para o mundo do comércio online e das redes sociais”, diz Hermano Cintra, gerente regional do Wrapp para o Brasil.

Uma das funcionalidades mais interessantes do serviço é a possibilidade de contribuição coletiva, pela qual vários amigos contribuem com um único vale-presente. Ou seja, mesmo que não tenha sido ele próprio o criador do gift card, o usuário pode adicionar créditos ao vale-presente. Todo o procedimento é feito via smartphone: da criação ao resgate dos cards, passando pela monetização e pelo envio. A monetização dos gift cards poderá ser feita por boleto (via PayPal) ou cartão de crédito, estando praticamente fechadas as negociações com as três principais bandeiras operantes no país (American Express, Mastercard e Visa).

Para os comerciantes, o Wrapp é uma plataforma de aquisição e retenção de clientes para a realização de campanhas promocionais, com base em desempenho. Com o Wrapp, os varejistas usam marketing de boca a boca entre amigos para criar o tão almejado “buzz”, podendo implementar vendas focadas, e ainda obtendo acesso em tempo real aos dados agregados demográficos dos clientes e da campanha.

O modelo de negócios proposto pela empresa é simples, e varia segundo a modalidade escolhida. No caso dos gift cards gratuitos, a empresa cobra do lojista uma taxa fixa em cima de cada cartão emitido. No caso dos gift cards pagos, é cobrada uma taxa percentual em cima do valor do vale presente. Os valores mínimo e máximo de monetização do card são definidos pelo próprio lojista, não havendo nenhuma limitação do Wrapp em relação a esse ponto. Outro detalhe importante é que o Wrapp só recebe o seu percentual quando os cards são descontados.

Os comerciantes participantes do programa relatam que o valor médio de venda gerado pelo Wrapp é igual a quatro a seis vezes o valor dos cartões presente gratuitos tradicionalmente fornecidos pelos varejista para distribuição entre amigos.

Desde meados de novembro, quando o Wrapp foi lançado comercialmente na Suécia, quase 200 mil usuários ativos presentearam seus amigos com mais de 1,5 milhão de cartões-presente.

No Brasil, as metas não são menos ambiciosas: as expectativas da empresa são de abocanhar pelo menos 10% da base de usuários do Facebook no Brasil até o fim de 2012, o que daria algo próximo de 4,5 milhões de pessoas.

"Acreditamos que os comerciantes brasileiros valorizarão o diferencial e os benefícios de trabalhar com a empresa que inventou o conceito de social gifting”, disse Cintra.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top