Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Plano de mercado sai nos próximos dias

Postado em: 10/07/1997, às 16:45 por Redação

Como já foi adiantado por PAY-TV Real Time News, nos próximos dias o Minicom deve publicar o plano de mercado para a TV por assinatura. Não se trata, entretanto, de um plano nos moldes do plano básico de radiodifusão já existente. O plano de TV por assinatura vai indicar apenas as localidades onde o ministério pretende abrir editais para os serviços de cabo e MMDS, sem cronograma preestabelecido ou qualquer outro compromisso com etapas. Sabe-se, entretanto, que os editais serão divididos em dez lotes. Um plano básico de TV por assinatura só poderia ser realizado nos mesmos moldes do plano de radiodifusão (com detalhes sobre a canalização de freqüência e cronogramas) caso todas as consultas públicas para o MMDS já tivessem sido realizadas, segundo fontes do Minicom. Isso significa que ainda há muitas localidades onde o governo pretende licitar MMDS para as quais ainda não foi feita nenhuma consulta, processo que demanda tempo e recursos humanos do ministério e que atrasaria mais ainda a abertura dos editais. Além disso, o Minicom considera que o mercado não teria condições de responder já, e de maneira eficiente, a uma consultas para todas as áreas. A idéia do ministério é, então, amortizar o que falta da consulta para o MMDS ao longo dos próximos meses. O planejamento a ser publicado nas próximas semanas deve trazer o nome de todas as localidades que, no entender do ministério, e de acordo com os critérios de população, potencialidade de mercado etc, deverão ter serviços de cabo e/ou MMDS, com uma ou mais outorgas. Isso não significa, entretanto, que todas estas áreas terão uma concessão ou permissão específica. No caso do MMDS, por exemplo, já se sabe que a permissão para Belo Horizonte, por exemplo, vai incluir a cobertura das localidades de Contagem, Betim e outras. Ou seja, uma concessão poderá ser válida para mais de uma cidade.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top