Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Saem as localidades dos primeiros lotes

Postado em: 11/09/1997, às 01:40 por Redação

O Ministério das Comunicações publica no Diário Oficial desta quinta-feira, dia 11, as primeiras localidades que serão licitadas nos três primeiros lotes de editais para cabo e MMDS. A relação já é definitiva, ou seja, não está para consulta pública. Também não foram divulgados os preços mínimos de cada edital. O ministro Sérgio Motta prometeu os editais propriamente ditos para os "próximos dias". Mas pelo que se comenta, é cada vez mais forte no Minicom a tendência de que o anúncio destes editais aconteça mesmo na TV Link, que começa dia 23 deste mês, em São Paulo. Segundo o ministro, um quarto lote deve ser publicado dez dias depois do primeiro. O ministério tomou o cuidado de oferecer editais de TV a cabo para todas as capitais brasileiras, menos Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis. No cabo há editais diferentes para localidades pertencentes a uma mesma região metropolitana, com áreas urbanas contíguas. É o caso de Cuiabá e Várzea Grande; Belo Horizonte, Betim e Contagem; Goiânia e Aparecida de Goiânia; Vitória e Serra. O mesmo acontece na Grande São Paulo; Rio de Janeiro e baixada fluminense; e Niterói e São Gonçalo. Note-se que haverá editais de cabo para cidades muito importantes. São Paulo, que já tem três operadores de cabo. Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Campinas onde há operações já com significativo número de assinantes. Note-se ainda que haverá editais de MMDS para concorrer com o cabo em muitas das cidades onde já há cabos como Campinas, Belo Horizonte, Florianópolis, e Uberlândia. Estão previstos nos lotes também ums concessão de cabo para competir com o MMDS da TV Filme em Belém e mais uma concessão de cabo para competir com as operações de cabo e MMDS de Fortaleza. Curiosamente, Natal e Vitória aparecem com dois editais para cabo cada uma, cada vez em uma portaria diferente. Nas demais cidades, quando há mais de um edital para a mesma localidade, um é de cabo e outro de MMDS. Pode ser erro do Minicom. Estão previstos editais para diversas cidades onde há operações de cabo não-oficiais como Salvador e Lauro de Freitas/BA, Vitória/ES, Divinópolis/MG e Campos/RJ. Além disso, está previsto um MMDS para Currais Novos no Rio Grande do Norte, uma cidade que é considerada um enorme condomínio fechado e que já tem uma operação não-oficial.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top