Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Comando triplo na TVA

Postado em: 13/03/1997, às 16:45 por Redação

A TVA será comandada por um triunvirato, ou advisoring group, como está sendo chamado. Depois da saída de Cláudio Dascal da direção geral (Dascal permanece como vice-presidente de telecomunicações do grupo Abril), o comando da empresa será compartilhado por três pessoas. Um representante da Abril, José Augusto Moreira (atual vice-presidente financeiro do grupo, cargo que continuará exercendo) e dois nomes de executivos indicados pelos sócios americanos. Os dois membros americanos do triunvirato são Chris Derick, presidente da Falcon International ( a Falcon Cable tem 14,2% da TVA), e Richard Spinner, vice-presidente da Disney/ABC (10%). As decisões do triunvirato que não forem consensuais serão levadas a Roberto Civita, presidente do Grupo Abril (56,47% da TVA), e a Cláudio Dascal, vice-presidente de telecomunicações. O triunvirato deve comandar a TVA por 60 a 90 dias, até a escolha de um nome definitivo para o cargo de CEO da empresa. Os outros sócios da TVA são a Hearst (10%) e o Chase Manhattan (9,33%). Além das mudanças no comando geral, a TVA definiu também a divisão operacional da empresa em cinco setores distintos. A divisão de programação, agora independente da operação, como já havia adiantado PAY-TV Real Time News, fica sob o comando de Giancarlo Civita. Cuida da produção de canais próprios. A divisão de operações permanece (ainda não se sabe se definitivamente) sob o comando de Eugene Musselman. A terceira divisão será a TVA Network, dirigida por Alexandre Annenberg, responsável pela expansão, novas licenças, relação com as ventures (TV Filme, por exemplo), além da distribuição e negociação de programação. A TVA Digisat forma a quarta divisão, e fica sob o comando de Ike Zarmatti. A DirecTV fica como uma divisão independente. Jacques Wladimirski, CEO da DirecTV, responde diretamente a Roberto Civita. Todas as divisões precisarão ser operacionalmente lucrativas. A DirecTV já está operacionalmente desligada do resto da TVA. Ainda não se sabe se será possível o desligamento jurídico também, por conta da concessão para prestar o serviço de DTH (que está em nome da TVA). De qualquer maneira, é a divisão com comando mais independente, reportando-se diretamente a Roberto Civita.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top