OUTROS DESTAQUES
Empresa quer liberar capital estrangeiro
quinta-feira, 12 de fevereiro de 1998 , 21h20 | POR REDAÇÃO

Ricardo Barreto, representando a MCI, pediu a abertura imediata da competição total logo após a privatização, ou, pelo menos, a abertura do processo de licitação para os novos concorrentes 60 dias após concluído o processo de privatização. A MCI quer também que não haja limites para a participação do capital estrangeiro, ou, então, que este limite seja de 75%. Segundo Barreto "estas restrições apenas retardariam o desenvolvimento tecnológico brasileiro."

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top