OUTROS DESTAQUES
Não há consenso II
terça-feira, 13 de janeiro de 1998 , 20h25 | POR REDAÇÃO

Na verdade, o relatório de Luiz Moreira está impreciso sobre a contribuição das operadoras de TV paga, tanto que o autor fez algumas ressalvas durante sua leitura. A argumentação usada pelos assessores de Moreira levanta a idéia de que TV a cabo está fora da Lei Geral porque tem lei própria, mas se esquece que TV por assinatura é mais que somente TV a cabo. Apesar das imprecisões, a posição de Moreira é pela inclusão de todas as empresas prestadoras de serviços de telecomunicações de maneira indistinta. O deputado disse à TELETIME News: "Não dá para ir livrando da contribuição quem quer. Uma hora é a TV por assinatura, depois as operadoras de celular. Quem é que vai sobrar?"

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top