OUTROS DESTAQUES
No máximo seis competidores no futuro
quinta-feira, 15 de junho de 2000 , 20h57 | POR REDAÇÃO

"No futuro, com a convergência dos serviços, devemos ter no Brasil, no máximo seis grandes empresas de telecomunicações que vão oferecer todos os serviços, fixos, móveis e multimídia, e que poderão competir inclusive no mercado internacional", prevê Guerreiro. A modelagem deverá prever a possibilidade de utilização de facilidades oferecidas pelo desenvolvimento tecnológico sem maiores mudanças na característica do serviço.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top