OUTROS DESTAQUES
Serviços móveis
Correios lançam MVNO em Brasília

Os Correios lançaram nesta quinta-feira, 20, seus planos de telefonia móvel por meio de rede virtual em Brasília.  A comercialização será implantada gradualmente: a primeira fase do projeto prevê a oferta do serviço em cinco agências de Brasília e duas cidades satélites (Taguatinga e Ceilândia), com implantações subsequentes nas demais agências postais das cidades com DDD 61. A meta é alcançar todos os estados do Brasil até o fim deste ano.

Em março, o serviço móvel foi lançado na Região Metropolitana de São Paulo e vendeu 8 mil chips nos primeiros 30 dias. Segundo o presidente da empresa, Guilherme Campos, a aceitação superou em muito a expectativa, uma vez que a meta inicial era de comercialização de 4 mil chips em um mês. Campos disse que espera para Brasília a ativação de 7 mil chips em 60 dias.

O Correios Celular é uma parceria com a EuTV, integradora de redes virtuais móveis, e usa a rede da TIM. Segundo o vice-presidente de Redes de Agências e Varejo, Cristiano Morback, o objetivo da MVNO é atender os clientes que buscam serviços simples, práticos e prestados com transparência e os pacotes foram planejados para estar entre os mais baratos do mercado. A expectativa dele é de que até o final do ano as lojas dos Correios passem a vender também os aparelhos móveis.

Os planos pré-pagos vendidos pelos Correios têm recargas de R$ 30, R$ 90 e R$ 180. O plano inicial oferece 100 minutos de ligações de voz para qualquer celular e fixo de qualquer operadora e DDD (ou 100 SMS); 30 dias de Internet móvel (3G ou 4G, dependendo da disponibilidade da região) com 1 GB de franquia, sem corte no serviço quando o pacote for totalmente utilizado; WhatsApp grátis (com zero-rating, ou seja, sem desconto da franquia de dados) para envio de SMS e chamadas de voz, durante a validade do plano; e navegação sem descontar da franquia de dados nos sites www.correioscelular.com.brwww.correios.com.br e www.brasil.gov.br. O usuário pode fazer recarga de R$ 15, desde que seja para reforçar o plano contratado.

Pelo contrato, a EuTV repassará aos Correios R$4,50 por cada chip vendido. Além disso, recebem 9% sobre as recargas feitas dentro da rede de atendimento da estatal, e 2,6% sobre as recargas feitas fora da rede de atendimento dos Correios. A EuTV, dona da marca Surf Telecom, venceu a licitação dos Correios com a previsão de pagar R$ 297,6 milhões em cinco anos à estatal, levando em conta a adesão de oito milhões de assinantes.

COMENTÁRIOS

2 Comentários

  1. Carlos disse:

    Minha querida,(Taguatinga e Ceilândia) não são cidades do entorno.
    SÃO CIDADES satelites.

  2. fabio disse:

    como comprar o chip dos correios

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top