OUTROS DESTAQUES
Processo administrativo dura 180 dias
terça-feira, 20 de junho de 2000 , 19h52 | POR REDAÇÃO

Durante a intervenção, estará sendo aberto um PADO (Processo Administrativo por Descumprimento de Obrigações) por 180 dias, que analisará se durante a gestão da TBS (e mais recentemente da Brasil Telecom) sobre a CRT, houve algum descumprimento de obrigação. O governo do Rio Grande do Sul apontou a redução de investimentos na tele nos últimos meses, o que pode ser uma irregularidade a ser apurada pelo PADO. Fontes da Brasil Telecom, contudo, dizem que desde que a empresa assumiu a gestão da CRT estava se esforçando para adiantar ao máximo as metas de universalização e qualidade, e que esta intervenção é, sem dúvida, um "banho de água fria" no empenho dos profissionais que estão tocando a tele gaúcha. O objetivo da intervenção federal na CRT é, também, garantir isenção aos dados enviados para que a Anatel conduza o processo administrativo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top