Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Google cria software que avisa internautas chineses sobre termos censurados

Postado em: 01/06/2012, às 17:15 por Redação

O Google silenciosamente descobriu um jeito de driblar a censura a conteúdos do site na China, por meio da adição de um software em sua página de buscas que avisa os usuários quando eles digitam um termo cujos resultados são suscetíveis de serem bloqueados no país. A novidade, revelada sem alarde em um dos blogs corporativos do Google, é descrita como uma melhoria na experiência de buscas para os usuários chineses, que podem ser desconectados do site de buscas sem explicações quando tentam abrir uma página da web na qual foi encontrada um termo usado na busca que é censurado.

Apesar da discrição, o lançamento da ferramenta parece que foi desenvolvida com a intenção de irritar as autoridades chinesas, que já utilizaram um conjunto de técnicas para punir a empresa, o que fez com que, em janeiro de 2010, transferisse seus servidores para Hong Kong.

A participação do Google no mercado chinês despencou de 35,6% para cerca de 17%, de acordo com a Analysys International, empresa de consultoria de internet especializada em China. A queda se deve ao fato de os usuários terem se cansado dos bloqueios aos sites que buscavam no Google e a longa espera que pode impedi-los de realizar novas buscas por mais de um minuto.

O anúncio habilmente evitou qualquer alusão à censura, dizendo apenas que os usuários tinham sido frustrados por mensagens de erro e desconexões e que os engenheiros do Google haviam "feito uma revisão detalhada em nossos sistemas e não encontraram nenhum problema". "No entanto, depois de analisar os relatórios de usuários, notamos que essas interrupções estão intimamente correlacionadas a pesquisas para um subconjunto específico de termos", declarou o Google no blog. "Então, a partir de hoje vamos notificar os usuários na China quando eles entrarem com uma palavra-chave que pode causar problemas de conexão."

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top