Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Business Objects prevê fechar 2005 com US$ 1 bilhão

Postado em: 01/11/2005, às 15:16 por Redação

A fornecedora de soluções de business intelligence (BI) Business Objects divulgou hoje os resultados financeiros do terceiro trimestre fiscal de 2005, encerrado em 30 de setembro. O balanço mostra que a empresa registrou receita de US$ 261,4 milhões no período que, somada aos US$ 511,2 milhões alcançados no primeiro semestre, totaliza US$ 772,6 milhões e se aproxima da meta anual de se tornar a primeira fornecedora de BI a obter faturamento anual de US$ 1 bilhão, no ano fiscal que se encerrará em 31 de dezembro próximo.

No terceiro trimestre fiscal 2005, a empresa obteve um aumento de 19% em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo os princípios de contábeis geralmente aceitos nos Estados Unidos (US GAAP). A receita operacional ? em bases US GAAP ? foi de US$ 30,1 milhões, o que representa 12% da receita total e um aumento de 81% em relação ao ano passado. Pelo padrão não-GAAP, chegou a US$ 41,9 milhões ou 16% da receita total, com crescimento de 62% sobre o terceiro trimestre de 2004.

?A Business Objects está na reta final para atingir a meta de US$ 1 bilhão no ano fiscal 2005, um marco não apenas na história da companhia, mas na indústria de business intelligence?, comemora Bernard Liautaud, fundador e presidente da empresa. Ele destaca que, se forem analisados os últimos doze meses ? período de outubro de 2004 a setembro de 2005 ?, a empresa até já ultrapassou essa barreira, chegando a um faturamento de US$ 1,039 bilhão.

Esse foi o terceiro trimestre consecutivo de crescimento das vendas mundiais de licenças, o que reflete a rápida adoção da plataforma Business Objects XI. As vendas com licenças de software totalizaram US$ 120,3 milhões no período fiscal, dos quais US$ 104,9 milhões vieram dos principais produtos de BI. Já a venda de serviços somou US$ 141,1 milhões, 24% superior ao mesmo trimestre no ano passado, com forte crescimento tanto em manutenção como em consultoria.

Para o próximo trimestre fiscal, a se encerrar em 31 de dezembro de 2005, a previsão é de que os resultados financeiros se mantenham na faixa dos US$ 287 milhões e US$ 292 milhões.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top