Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Vivendi compra mais 5% da GVT e garante à CVM que fará as opções de compra

Postado em: 01/12/2009, às 12:34 por Redação

A Vivendi informou em fato relevante nesta terça-feira, 1, que adquiriu mais 5% do capital da GVT Holding S.A. Sem contar as opções de compra ainda não exercidas, a Vivendi agora tem 50,9% do novo capital social da GVT, ou 69,8 milhões de ações ordinárias. Considerando as opções de compra futuras, a Vivendi poderá alcançar 62,85% de participação, ou 86,2 milhões de ações ordinárias. A Vivendi tem até o dia 17 de fevereiro de 2010 para realizar as opções de compra restantes.
Em outro fato relevante enviado também nesta data, a companhia francesa procurou fornecer mais informações sobre a aquisição da GVT, em razão de uma solicitação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que comunicou na noite da última segunda-feira, 30, a realização de investigações sobre o negócio. Basicamente, a CVM deseja entender qual a natureza dos direitos do Tyrus Capital LLP, contraparte da Vivendi na operação de opção de compra, sobre as ações da GVT. No fato relevante, depois de uma longa introdução na qual fornece mais detalhes sobre o andamento das opções de compra, a Vivendi explica que "Tyrus Capital LLP confirmou que na data de transferência das ações teria a plena propriedade das ações a serem entregues". Atualmente, parte das ações objeto de opções de compra nao estão nas mãos da Tyrus, mas sim fazem parte de contratos de swap referenciados em ações. Por isso, o questionamento da CVM sobre "a capacidade das contrapartes da Vivendi S.A. de honrar as opções de compra".
O fato relevante da Vivendi prossegue reconhecendo, entretanto, que a empresa "não tem legitimidade para manifestar-se sobre direitos de terceiros, como da Tyrus Capital LLP ou contrapartes da Tyrus Capital LLP".
Diante dos novos fatos relevantes, a CVM informou que as investigações prosseguem.

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top