Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Hackers planejam criar rede própria de satélites para driblar censura

Postado em: 02/01/2012, às 16:52 por Redação

Durante o Chaos Communication Congress, conferência que reúne hackers do mundo todo em Berlim, na Alemanha, um grupo divulgou uma ideia ultra-ambiciosa – montar uma rede de pequenos satélites e estações de monitoramento para burlar a censura praticada por governos. O projeto, chamado de Hackerspace Global Grid (HGG), visa a criação de uma rede independente à internet e pretende enviar um homem à Lua em 2034.

De acordo com o site oficial do projeto, os hackers estão desenvolvendo pequenos satélites amadores, que serão lançados por meio de balões e trabalharão em conjunto com estações em solo. A ideia é desenvolver uma tecnologia de satélites para órbitas mais baixas que satélites comuns para criar uma rede de comunicação alternativa, de acordo com um dos membros do HGG. O projeto recebe doações desde agosto do ano passado e os membros prometeram apresentar um protótipo de satélite ainda neste primeiro semestre do ano.

O grande problema para o funcionamento da rede é que satélites que operam em órbitas mais baixas recebem e enviam sinais para estações em solo por poucos momentos a cada 90 minutos, o que deixa o sinal intermitente. Além disso, o espaço no qual esses aparelhos operam não são unificados por uma legislação mundial, o que permite a qualquer país derrubar os satélites caso os mesmos estejam sob alcance de seu território.

Segundo os hackers, o HGG contaria com o uso de apoio de coordenadas de diversas redes de localização. Entre elas, estão o GPS, sistema controlado pelo governo americano, o Galilleo, em desenvolvimento pela União Europeia, e o Glosnass, da Rússia. "O primeiro passo é estabelecer meios de sincronização apurada da rede", explica o site do HGG. "Depois, é construir diversos módulos receptores [satélites amadores] e processadores de dados dos sinais recebidos. Um canal de controle para envio de dados e terminar o projeto de comunicação é um projeto futuro, sem data definida", esclarece.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top