Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Receita da Net chega a quase R$ 2 bilhões em 2006

Postado em: 02/02/2007, às 20:37 por Redação

A Net Serviços anunciou nesta sexta-feira (2/2) os resultados financeiros de 2006. A empresa registrou receita líquida de R$ 1,93 bilhão, um aumento de 22% em relação ao ano anterior, quando atingiu R$ 1,59 bilhão. A receita bruta apresentou um aumento de 25%, saindo de R$ 1,96 bilhão em 2005 para R$ 2,46 bilhões no ano passado.

A companhia apresentou forte desempenho operacional em 2006. O segmento de TV por assinatura terminou o ano com 1,812 milhão de assinantes, um crescimento de 18% em relação a 2005. Desse total, 190 mil clientes são do serviço Net Digital. Pelo segundo ano consecutivo, a base de clientes cresceu acima do PIB, segundo a empresa.

A base de clientes do serviço de banda larga Net Virtua encerrou o ano com 727 mil assinantes, ante 366 mil registrados no fim de 2005, enquanto o Net Fone via Embratel, lançado em março do ano passado, fechou o ano com 182 mil assinantes.

Os principais fatores que influenciaram o desempenho em 2006, segundo a empresa, foram os aumentos nas bases de TV por assinatura e banda larga. O Ebtida consolidado ? o ganho antes do desconto de impostos, da depreciação, dos juros e das amortizações ? foi de R$ 515,4 milhões, um aumento de 15% em relação a 2005, quando registrou R$ 450,1 milhões. Já a margem Ebtida foi de 27%, um ponto percentual inferior à de 2005, uma vez que o crescimento acelerado da companhia teve início somente no segundo semestre de 2005.

O lucro antes do Imposto de Renda foi de R$ 199 milhões, o que representa uma alta de 60% em comparação com 2005, quando atingiu R$ 124 milhões. Já o lucro líquido fechou em R$ 82 milhões, com queda de 35% em relação a 2005. A razão dessa queda é atribuída pela empresa à combinação da constituição de Imposto de Renda Diferido em 2005 com a não constituição de Imposto de Renda Diferido pelas subsidiárias incorporadas pela companhia em 2006. ?Por conta do fortalecimento na geração de caixa da companhia, o lucro líquido será temporariamente menor, o que não significa um pior desempenho?, explica Francisco Valim, presidente da NeT Serviços.

O executivo adianta que para maximizar a geração de caixa, a Net vai acelerar o processo para incorporação de empresas subsidiárias neste o ano. Esse movimento, segundo Valim, permitirá utilizar os benefícios fiscais como, por exemplo, créditos fiscais oriundos do Imposto de Renda a diferir sobre o prejuízo fiscal e base negativa ou amortização de ágio de aquisições. Atualmente, a Net detém um saldo líquido de benefício fiscal de R$ 1,43 bilhão para ser utilizado nos próximos exercícios fiscais.

O resultado obtido no quarto trimestre de 2006 foi um dos fatores que contribuíram para o bom desempenho da companhia no ano. A receita líquida de R$ 530,4 milhões representou um aumento de 23% em relação aos R$ 432,6 milhões apurados no mesmo período de 2005. A receita bruta consolidada totalizou R$ 678,7 milhões (aumento de 26%).

O lucro líquido antes do imposto de renda foi de R$ 59,4 milhões, um crescimento de 10% em relação aos R$ 54,2 milhões registrados no mesmo período do ano anterior. O Ebtida consolidado ficou em R$ 143,9 milhões, alta de 25% em comparação aos R$ 114,7 milhões em 2005, com margem permanecendo estável em 27%.

O Arpu (receita média por assinante), que considera o somatório das receitas de TV por assinatura e de banda larga sobre o número médio de clientes conectados, passou de R$ 117,9 no quatro trimestre de 2005 para R$ 121,7 em 2006, um crescimento de 3%.

No fim de 2006, a Net realizou a emissão de 1.355.713 ações ordinárias e 23.010.140 ações preferenciais, finalizando a primeira etapa da aquisição da Vivax. Desde então, a companhia tem uma participação minoritária de 37% no capital social da Vivax, sendo 15% diretamente e 22% indiretamente, por meio de uma participação minoritária na Brasil TV a Cabo Participações. Em 31 de dezembro 2006, as ações em poder público representavam 53% do capital total, em comparação a 51% em 31 de dezembro de 2005.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top