Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Pedidos de portabilidade somam 817 no segundo dia

Postado em: 02/09/2008, às 20:58 por Redação

O número de solicitações de portabilidade numérica reduziu no segundo dia de operação, nas oito localidades onde o processo teve início na segunda-feira, 1º. Nesta terça-feira, 2, até às 17h21, 817 usuários de telefonia móvel e fixa pediram a mudança de operadora com a manutenção do número atual, de acordo com a ABR Telecom, empresa que administra a implantação do sistema.

Na segunda, 1.028 usuários de serviços de telefonia das oito regiões beneficiadas com a portabilidade numérica pediram a troca de operadora com a manutenção do número, até as 18h30. Entre esse horário e meia-noite, mais 148 solicitações de portabilidade foram registradas no banco de dados, totalizando 1.176 pedidos no primeiro dia.

Os usuários de telefonia móvel respondem por 563 solicitações, no segundo dia, e os de telefonia fixa por 254 pedidos, informa o presidente executivo da ABR Telecom, José Moreira. Ele lembra que dos 175 milhões de assinantes de serviços de telefonia no país, 135 milhões são de telefonia móvel e 40 milhões de telefonia fixa.

O segundo dia de operação da portabilidade numérica manteve-se dentro da normalidade, não sendo registrado nenhum evento que comprometesse o processo, segundo Moreira. A ABR Telecom é a gestora do processo e administra a Base de Dados Nacional de Referência (BDR), onde estão armazenados todos os números de telefones transferidos de uma operadora de serviços de telecomunicações para outra. Esta base de dados é a integradora das informações entre as operadoras.

O presidente da ABR Telecom explica que quando o usuário de serviços de telecomunicações informa à operadora para a qual deseja migrar que quer utilizar aquele serviço, esta operadora, remete a solicitação à ABR Telecom para realizar o processamento dessa solicitação. A administradora é que irá, a partir dessa comunicação, acionar a empresa de onde o usuário deseja sair, a fim de atualizar a BDR e a Base de Dados Operacional (BDO) das operadoras. Esse processo deve se completar em até cinco dias úteis no primeiro ano de operação da portabilidade numérica.

Balanço consolidado

Conforme os registros da ABR Telecom, o estado que respondeu pelo maior volume de solicitações de migração de operadora no segundo dia de operação foi Goiás (DDD 62), com 261 pedidos realizados, dos quais 147 móveis e 114 de fixo. O estado do Paraná (DDD 43) registrou 166 solicitações, das quais 91 de móveis e 75 de fixos. O Matogrosso do Sul (DDD 67) vem em seguida, com 147 solicitações, das quais 92 de móveis e 55 de fixo, seguido pelo estado do Espírito Santo com 94 solicitações a partir do DDD 27, sendo 86 móveis, 8 de fixo. Depois, vem o estado de São Paulo com 53 solicitações de portabilidade no DDD 17, todas as 53, a partir de usuários de telefonia móvel. No DDD 14 também todos os 50 pedidos de portabilidade se originaram de telefones móveis. Em Minas Gerais, no DDD 37, foram registrados 27 pedidos de mudança, dos quais 25 de telefones móveis e 2 de fixos. No estado do Piauí foram registradas 19 solicitações de mudança de operadora no DDD 86, sendo todas de telefones móveis.

O consolidado nesses dois dias, de acordo com os registros da ABR Telecom, totalizou 1.993 usuários de serviços telefônicos que solicitaram mudança de operadora com permanência do número de identificação. Desses pedidos, 1.454 se originaram de usuários de serviços móveis e 539 de serviços de telefonia fixa.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top