Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Parque tecnológico baiano receberá R$ 13,6 mi do governo

Postado em: 02/10/2007, às 21:34 por Redação

O Parque Tecnológico de Salvador (TecnoVia) começou a sair do papel nesta segunda-feira (1/10) com a liberação de R$ 13,6 milhões pelo Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT). O anúncio foi feito pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, durante a abertura da Semana Nacional de C&T em Salvador. O governo da Bahia vai entrar com R$ 1,9 milhão, o que totalizará cerca de R$ 15,5 milhões de investimento no projeto.

O ministro assinou o termo de compromisso para a autorização dos recursos à implantação do projeto, que tem como objetivo o desenvolvimento das áreas de tecnologia da informação (TI), energias renováveis e biotecnologia no estado. O convênio, segundo Rezende, faz parte do projeto do MCT, em parceria com os estados, para o desenvolvimento científico e tecnológico do país.

O TecnoVia foi projetado pelo governo estadual, por intermédio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), e terá toda a infra-estrutura necessária para atrair empresas de base tecnológica, além de contar também com incubadoras de empresas, centros de pesquisa e desenvolvimento, laboratórios de núcleos de pesquisa, além de áreas compartilhadas para interação entre universidades e empresas. A previsão é que as obras tenham início ainda neste ano.

Além do aporte do MCT, o TecnoVia contará com investimentos futuros de R$ 14 milhões, fruto de uma emenda de bancada de deputados federais da Bahia. Outra fonte de recursos é o Programa Estadual de Incentivos à Inovação Tecnológica (Inovatec), que garantirá até o fim de 2010 R$ 60 milhões para empresas e instituições privadas dispostas a realizar novos investimentos de base tecnológica e órgãos e instituições da administração direta e indireta municipal, estadual ou federal que realizem sistematicamente investimentos em CT&I na Bahia. O projeto também conta com o apoio da Prefeitura de Salvador, que criou incentivos fiscais para a área (isenção de IPTU e ISS).

Segundo o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Ildes Ferreira, a implantação do parque será realizada por fases num projeto de longo prazo. "A intenção é manter a harmonia com o meio ambiente através da implantação de empresas com tecnologias limpas e da conservação da vegetação nativa de mata atlântica, que ocupará cerca de 50% da área", disse, destacando os setores estratégicos: tecnologia da informação e comunicação, biotecnologia e energia.

Também foi assinado o termo de cessão da biblioteca virtual Anísio Teixeira, atualmente hospedada no site do Ibict (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia), vinculado ao MCT. O termo transfere a gerência da biblioteca do Ibict para a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e, também, em parceria com as Indústrias Nucleares do Brasil, propõe um acordo de cooperação que, entre outras ações, coloque a disposição a hospedagem da biblioteca com a coleção eletrônica de obras do educador no site na Fundação Anísio Teixeira, no município baiano de Caetité.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top