Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Gartner revela que número de empresas que investem em Big Data está diminuindo

Postado em: 02/12/2016, às 19:44 por Redação

O Gartner revela que os investimentos em Big Data continuam aumentando, porém mostram sinais de retração de acordo com seus estudos recentes. 48% das empresas investiram em Big Data em 2016, um aumento de 3% em comparação a 2015. No entanto, a quantidade de organizações que planejam investir em Big Data nos próximos dois anos diminuiu de 31% para 25% no mesmo período. A pesquisa online foi realizada em junho de 2016 entre membros do Ciclo de Pesquisa do Gartner. No total, 199 membros participaram e compartilharam seus planos de investimento.

"O investimento em Big Data está aumentando, porém o estudo mostra sinais de desaceleração desse crescimento, com menos empresas com a intenção futura de investir em Big Data. Não se trata do Big Data em si, mas de como ele é usado. Embora as organizações tenham entendido que o Big Data não se trata apenas de uma tecnologia específica, elas precisam evitar pensar sobre ele como um esforço separado", explica Nick Heudecker, Diretor de Pesquisas do Gartner.

Big Data é uma coleção de diferentes tecnologias e práticas de gerenciamento de dados que permite o uso de múltiplas formas de Analytics. As organizações estão se distanciando de noções vagas de dados e Analytics e caminhando para a solução de problemas específicos de negócios que os dados podem abordar. "Seu sucesso depende de uma estratégia holística em torno de resultados de negócios, equipe especializada, dados e infraestrutura", completa Heudecker.

Realizar projetos de Big Data é um desafio

Enquanto quase 75% dos entrevistados afirmaram que sua organização investiu ou planeja investir em Big Data, muitos permanecem presos na fase piloto. Apenas 15% das empresas relataram realmente implantar seu projeto de Big Data, índice que praticamente não mudou em comparação a 2015 (14%).

"Uma explicação para isso é que os projetos de Big Data parecem estar recebendo menos prioridade nos orçamentos do que iniciativas de TI concorrentes", afirma Heudecker. Apenas 11% dos entrevistados de organizações que já investiram em Big Data classificaram esse investimento como tão ou mais importante do que outras iniciativas de TI, enquanto 46% afirmaram que era menos importante.

"Isso pode acontecer devido ao fato de que muitos projetos de Big Data não têm um retorno sobre o investimento (ROI) tangível que pode ser determinado antecipadamente. Outro motivo pode ser que a iniciativa de Big Data seja parte de um projeto financiado maior. Isso se tornará mais comum conforme o termo 'Big Data' enfraquecer e o padrão continuar sendo lidar com conjuntos de dados maiores e de tipos variados", explica.

Outro fator a considerar é a falta de liderança de negócios eficaz ou de envolvimento em iniciativas de dados. Muitas vezes, os testes e experimentos são construídos com tecnologias e infraestrutura ad-hoc que não são criadas com a confiabilidade de nível de produção em mente.

"Quando se trata de Big Data, muitas organizações ainda se encontram em fase de construção. A industrialização e as garantias de desempenho e estabilidade que vêm com essa tecnologia ainda precisam penetrar na maneira de pensar sobre Big Data", completa Jim Hare, diretor de Pesquisas do Gartner.

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top