Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Ações da Vivo fecham estáveis na Bovespa

Postado em: 03/04/2006, às 09:20 por Ana Luiza Mahlmeister

As ações da Vivo começaram a ser negociadas nesta sexta-feira, 31, na Bolsa de Valores de São Paulo, depois que a empresa consolidou suas unidades, substituindo os papéis da CRT, Tele Centro Oeste, Tele Leste Celular, Tele Sudeste e Telesp Celular, abrindo em leve queda.

No final do dia houve pouca oscilação, com os papéis da Vivo ON registrando baixa de apenas 0,79%, e a Vivo PN com alta de 0,33%.

Para o analista do Ágora Sênior CTVM, Alexandre Garcia, a consolidação faz com que os investidores realizem lucros, o que pode explicar a leve baixa da manhã. Para ser um papel forte, segundo o executivo, será necessário que a operadora faça em breve uma projeção de seus resultados. "Por enquanto, o mercado aguarda os resultados consolidados para ter uma idéia mais clara", diz.

Alexandre Constantini, do Bear Stearns, destaca que o banco avaliou a reestruturação positivamente desde o anúncio, em dezembro, principalmente por aumentar a liquidez dos acionistas.

O banco destaca que a companhia é líder de mercado no Brasil, já conta com uma rede 3G e deve completar sua cobertura em todo o País, em breve. Sobre a oscilação no início da manhã, ele avalia que pode ser um mau humor momentâneo do mercado sobre os futuros resultados da companhia.

O mercado também vê positivamente uma possível fusão da Telefônica com a Vivo, seguindo as tendências de consolidações fixo-móvel que acontecem na Europa. Segundo o Bear Stearns, as ações combinadas da TSP com a Vivo projetam uma receita de aproximadamente R$ 25 bilhões e Ebitda de R$ 10,4 bilhões.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top