Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Projeto Computadores para Inclusão recupera 1,48 mil equipamentos

Postado em: 03/07/2007, às 22:01 por Redação

O Projeto Computadores para Inclusão recuperou 1,48 mil equipamentos de informática ? computadores, monitores e impressoras ? entre abril de 2006 a maio passado, segundo a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento. Desses equipamentos, 879 foram doados para 43 escolas, bibliotecas, telecentros e outros projetos de inclusão digital do país.

O balanço traz os resultados obtidos em um ano de existência do projeto, cujo primeiro Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC), em Porto Alegre, foi inaugurado em abril do ano passado. Já os centros do Gama (DF) e Guarulhos (SP) começaram a operar em dezembro de 2006.

Umas das entidades beneficiadas é a Prefeitura de Veranópolis, no Rio Grande do Sul. A doação ao município de 15 computadores recuperados pelo CRC-Cesmar de Porto Alegre viabilizou a abertura, no ano passado, de um telecentro administrado pela Secretaria Municipal de Educação. O local oferece acesso gratuito à internet, além de cursos básicos de informática, e recebe uma média de cem pessoas por semana.

?O telecentro desempenha um papel importante porque possibilita à comunidade veranense o acesso à informática e à internet, que é um dos meios de comunicação mais atraentes e evolventes da atualidade?, conta a secretária de Educação de Veranópolis, Elis Regina Perachi Fávero. O centro funciona de segunda a sexta-feira no centro da cidade e a intenção, conforme a secretária, é ampliar os horários de funcionamento do telecentro já que a procura pelas atividades superou as expectativas.

Os beneficiários dos equipamentos são definidos pela coordenação nacional do projeto, composta por representantes dos Ministérios do Planejamento, Educação e Trabalho e Emprego, e dos CRCs integrantes da rede e dos parceiros que aportam recursos ou serviços, como a Fundação Banco do Brasil e a Dataprev. Essa comissão avalia os pedidos de doação encaminhados por entidades de todo o país e decide se atendem às diretrizes de inclusão digital e requisitos exigidos pelo projeto. As solicitações de equipamentos são feitas por formulário padrão disponível no endereço www.governoeletronico.gov.br/projetoci.

Até maio passado, os CRCs já haviam recebido 7.610 itens usados para recondicionamento, em sua maior parte doados por órgãos públicos, empresas privadas e estatais. Entre os principais doadores estão os Ministérios do Planejamento e da Saúde, Presidência da República, Dataprev, Refap/Petrobras, Receita Federal e Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

Na inauguração do CRC Gama, em abril, o presidente Lula assinou decreto para facilitar o processo de doação de equipamentos de informática usados ao projeto. Agora, os órgãos da administração federal direta, autárquica e fundacional devem informar a disponibilidade de doação dos equipamentos, suas partes e peças, ao Departamento de Logística e Serviços Gerais da SLTI/ MP.

Para o secretário-adjunto da SLTI, Rodrigo Assumpção, o desafio do projeto neste segundo ano de atividades será qualificar a logística de captação e distribuição de equipamentos descartados e recuperados e ampliar o número de centros instalados e de computadores produzidos por cada unidade.

A meta é atingir uma produção entre 50 a 100 computadores recuperados por mês em cada centro. O Ministério do Planejamento negocia no momento parcerias com entidades de Curitiba, Rio de Janeiro, Fortaleza, Salvador e Recife. Atualmente, 234 jovens de regiões periféricas qualificam-se em hardware e software nos três Centros de Recondicionamento de Computadores e a meta é instalar outras duas unidades ainda neste ano.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top