Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Softex e IBGE iniciam trabalho para criar banco de dados da indústria de software

Postado em: 03/07/2007, às 18:47 por Redação

As consultorias contratadas pela Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex) se reuniram com técnicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para definir a metodologia de trabalho a ser estabelecida para a implantação do Sistema de Informações da Indústria Brasileira de Software e Serviços (SIBSS), que irá mapear o setor nacional de software e serviços.

Na reunião foi discutida a abrangência da indústria brasileira de software e serviços, constituída pelas empresas pertencentes à CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) 72, que leva em conta a atividade principal da empresa, entendida como a sua fonte principal de receita. A CNAE 72 inclui empresas de consultoria em hardware e software, de processamento de dados, atividades de banco de dados e distribuição online de conteúdo eletrônico, e de manutenção e reparação de máquinas de escritório e de informática.

A abrangência do SIBSS, porém, não se limitará ao conjunto de empresas pertencentes à CNAE 72. "Há interesse em conhecer, também, todas as empresas e instituições que, embora não tenham em software e serviços a sua atividade principal, desenvolvam software para uso interno ou para comercialização. O mapeamento desse segundo conjunto de empresas é um dos principais desafios da equipe", destaca Virgínia Duarte, gerente da Softex e responsável pela gestão do projeto SIBSS.

Várias pesquisas realizadas pelo IBGE serão utilizadas pela equipe do SIBSS durante o trabalho de levantamento de dados. Entre elas estão a Pesquisa Anual de Serviços (PAS), que traz dados diversos sobre as empresas classificadas na CNAE 72; a Pesquisa Industrial Anual (PIA), partir da qual a equipe SIBSS poderá conhecer as empresas da área industrial (CNAEs 10 a 37) que desenvolvem software, ainda que esta não seja a sua atividade principal; a Pesquisa Industrial de Inovação Tecnológica (Pintec), por meio da qual será possível caracterizar o perfil inovador de empresas de software e serviços.

"A parceria nos permitirá conhecer mais a fundo o setor de software e serviços. Também nos auxiliará no processo de mapeamento de empresas de outros setores que desenvolvem software, um universo até então pouco conhecido", avalia Virgínia.

A expectativa é de que o SIBSS se transforme em fonte de referência para o governo, as empresas, a área acadêmica e a mídia nacional e internacional, fornecendo subsídios para a tomada de decisões políticas e empresariais e auxiliando no fortalecimento da imagem da indústria brasileira de software e serviços no Brasil e no exterior. O projeto, coordenado pela Softex, tem recursos e apoio fornecidos pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), através da Secretaria de Política de Informática (Sepin).

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top